Conheça os 10 países com as cervejas mais baratas

Como brasileiro apaixonado por cerveja e integrante de um mercado consumidor de mais de 10 bilhões de litros da bebida por ano, é sempre útil saber onde se bebe mais por menos, mundo afora.

Bom, foi pensando em nós, ávidos consumidores de cerveja, que um gênio resolveu levantar os dados a seguir. E o nome dele é David Adelman.

David Adelman, do financesonline.com, cruzou os dados do Numbeo, um dos maiores bancos de dados sobre custo de vida em diversas cidades pelo mundo, e desenvolveu alguns rankings sobre cerveja. Bastou coletar os preços médios dessa bebida em cada país e estão feitas as listas.

Ao contrário do que possamos imaginar logo de cara, existem sim ótimas cervejas em boa parte dos países listados abaixo. Caso esteja visitando ou vá visitar algum destes locais, você com certeza encontrará pints de qualidade.

Todos os preços estão em dólar e dizem respeito à quantidade de aproximadamente 500ml (1 pint) de cerveja nacional.

E, então, onde estão as cervejas mais baratas?

A campeã da lista é a Ucrânia. Apesar de ser um dos lugares com a cerveja mais barata do mundo, essa bebida tem seu valor por lá e tem ganhado muita atenção dos entusiastas nos últimos anos. Se você passar pelas cidades ucranianas acabará experimentando algum rótulo da cervejaria Obolon, uma das maiores do país.

Para muitos, as cervejas ucranianas em muito se assemelham às da República Tcheca, outro país da lista e que também possui rótulos de qualidade.

No Vietnã, que ficou com o segundo lugar, a coisa muda um pouco de figura. Por lá o rótulo que mais popular é o Bia Hoi, uma cerveja encontrada principalmente no norte do país, feita em um único dia e que praticamente não passa por processo de maturação. Ela tem coloração clara e baixo teor alcoólico, daí sua maior virtude: dificilmente dá ressaca no dia seguinte, mesmo após beber várias garrafas por conta do seu preço convidativo.

Em suma, o top 10 é composto por países da Ásia e do Leste Europeu, todos com cervejas a menos de um dólar. Confira a lista:

  1. Ucrânia – $0,59
  2. Vietnã – $0,59
  3. Camboja – $0,68
  4. Arábia Saudita – $0,70
  5. República Tcheca – $0,71
  6. China – $0,74
  7. Panamá – $0,75
  8. Macau – $0,77
  9. Servia – $0,77
  10. Bulgária – $0,78

Em contrapartida, se você estiver viajando pelo Oriente Médio uma boa gelada pode sair caro no final das contas. No Irã, por exemplo, um pint de cerveja te custará, em média, 7,71 dólares. Para países como Kuwait e Emirados Árabes, a conta não muda muito: sai por $7,09 e $6,20, respectivamente.

A coleta de dados também informa quais os países que mais bebem cerveja no mundo e, apesar dos 10 bilhões de litros por ano, não estamos nem no top 10 desse ranking. A lista, considerando o número de garrafas bebidas por pessoa em 2012, é a seguinte:

  1. República Tcheca – 419
  2. Austrália – 304
  3. Alemanha – 299
  4. Estônia – 288
  5. Polônia – 277
  6. Irlanda – 277
  7. Croácia – 242
  8. Venezuela – 241
  9. Lituânia – 237
  10. Romênia – 234

Portanto, os melhores parceiros para dividir uma breja no mundo são os tchecos.

Os caras calcularam também quais os países que mais gastam com cerveja por ano, levando em consideração o gasto por pessoa em 2012. O resultado, naturalmente, é influenciado pelo valor da cerveja e pela paixão do povo pela bebida. Confira o ranking:

  1. Austrália – $747,90
  2. Irlanda – $688,10
  3. Finlândia – $565,82
  4. Nova Zelândia – $452,90
  5. Venezuela – $444,60
  6. Reino Unido – $393,19
  7. Estados Unidos – $356,20
  8. Canadá – $351,89
  9. Dinamarca – $262,06
  10. Alemanha – $235,54

Por fim, ainda ficamos sabendo quais são as marcas de cerveja que mais venderam em 2012 no mundo todo. Esse é o único top 10 em que figura o nome de nosso país na pesquisa. Dá uma olhada:

  1. Snow Beer – China (75M de barrils)
  2. Tsingtao – China (58M de barrils)
  3. Busweiser – Internacional (40M de barrils)
  4. Yanjing – China (40M de barrils)
  5. Bud Light – Estados Unidos (37M de barrils)
  6. Corona Extra – Internacional (32M de barrils)
  7. Skol – África e América do Sul (30M de barrils)
  8. Heinken – Internacional (29M de barrils)
  9. Coors Light – Estados Unidos (25M de barrils)
  10. Brahma – Brasil (18M de barrils)

Pronto, hombre, agora você já tem alguns dados importantes para planejar a próxima viagem.