Eu Me Importo

Eu me Importo: as 5 perguntas mais buscadas no Google (com respostas)

Recentemente, um filme tem chamado bastante atenção na internet e dividido opiniões. A produção é Eu me importo (I Care a Lot, em inglês) e se tornou um sucesso absoluto. O longa de suspense, com toque de humor ácido, se tornou o mais assistido no Brasil e está entre os mais populares do mundo nas últimas semanas, de acordo com a plataforma de monitoramento Flix Patrol.

Vale ressaltar que, Eu Me Importo ganhou o Globo de Ouro neste ano, na categoria de “Melhor Atriz em Filme de Musical ou Comédia”. O prêmio foi para a atriz Rosamund Pike. O que deixa nítido que a obra se destaca pela performance impecável da atriz na pele da personagem Marla Grayson, uma golpista que faz idosos como suas vítimas.

Devido ao sucesso – e curiosidade – que o filme tem causado na maiorias das pessoas, reunimos as cinco perguntas mais buscadas no Google sobre Eu Me Importo, e respondemos todas elas. Confira a seguir.

1# ONDE ASSISTIR O FILME EU ME IMPORTO?

A produção teve sua estreia no Festival Internacional de Cinema de Toronto, em 12 de setembro de 2020. Somente no final de fevereiro deste ano que ele chegou à Netflix. Ou seja, o filme só pode ser visto exclusivamente na plataforma de streaming.

Eu Me Importo
A atriz Rosamund Pike em cena de Eu Me Importo

2# QUAL A NOTA DO FILME NO IMDB?

Eu Me Importo conta com roteiro e direção de J Blakeson (que trouxe o fracasso A 5ª Onda), e não tem agradado tanto nas notas. No site do IMDB por exemplo, sua nota atualmente está 6,2. Já no Rotten Tomatoes, a aprovação dos críticos está em 81%, enquanto a do público está em 37%.

Eu Me Importo
A personagem Marla “dominando o ambiente” como uma “leoa” em cena do filme

3# QUAL A HISTÓRIA DO FILME?

Acompanhamos a rotina de Marla, uma golpista que faz idosos como suas vítimas. O plano parece simples: a moça convence juízes a lhe darem a guarda de certas pessoas de idade, dizendo que elas não conseguem mais cuidar de si mesmas. Uma vez que ganha a causa, coloca seus clientes em asilos, enquanto vende todas as propriedades deles, ficando com o lucro para levar uma vida confortável.

De repente, Marla parece encontrar a vítima perfeita: Jennifer, uma senhorinha tranquila. Só que nem tudo é perfeito, né? Na realidade, a idosa esconde um segredo perigoso, que colocará a vida de Marla em perigo. Logo, ela terá que usar suas habilidades e talentos para escapar de grandes problemas e, até mesmo, salvar sua vida.

Em entrevista recente, o diretor relatou que o filme é inspirado em fatos reais. “A ideia surgiu quando ouvi notícias sobre esses tutores legais predatórios que estavam explorando essa brecha legal e explorando a vulnerabilidade do sistema para tirar vantagem dos idosos, basicamente privando-os de suas vidas e bens para encher seus próprios bolsos”, disse J Blakeson.

Cena do filme com elenco de peso

4# QUAL O ELENCO DE EU ME IMPORTO?

Certamente, uma das causas do sucesso de Eu Me Importo é o elenco principal, que chama bastante atenção. A atriz Rosamund Pike é a golpista Marla Grayson. Só para lembrar, ela atuou no extraordinário filme Garota Exemplar, de 2014. Completando o time de estrelas, temos Eiza González (Alita – Anjo de Combate), como a personagem Fran, e atriz Dianne Wiest (A Mula) dando vida a Jennifer Peterson. Não podemos esquecer de mencionar a participação do ator Peter Dinklage (Game Of Thrones), sendo Roman Lunyov no filme.

Peter Dinklage e Rosamund Pike juntos em cena

5# COMO TERMINA O FILME EU ME IMPORTO?

Se você ainda não assistiu ao filme e não quer spoilers, aconselho parar por aqui.

Agora, se quer saber mais detalhes de Eu Me Importo, vamos nessa! No final, a golpista Marla Grayson é assassinada a tiros pelo filho de uma das idosas que foi enganada por ela. Apesar da personagem ser o tipo de vilã que o público adora odiar, e que de certa forma até torce pela vitória, o diretor J Blakeson decidiu fazer justiça aos indivíduos da terceira idade.

Em entrevista ao US Today, a atriz defende os minutos finais da produção. “Pessoas assim escapam impunes o tempo todo. É assim que acontece. E então, é claro (o filme) não a deixa se safar”, disse Rosamund Pike.

É um filme fácil de assistir e traz debates sobre injustiças cometidas dentro da lei, mostrando que o mal do esperto é achar que ele é o único, ou o mais esperto de todos. Além disso, é interessante notar que nenhum dos personagens principais, ou secundários, são inocentes. Isso faz com que o espectador se divida na torcida dos “vilões” da história.

LEITURAS COMPLEMENTARES

Matérias do El Hombre relacionadas ao assunto que você pode gostar também: