Batman

Exemplar de “Batman #1” é vendido por mais de 2 milhões de dólares

Pode parecer mentira, mas é pura verdade: na semana passada foi vendido por 2,2 milhões de dólares (cerca de R$ 11 milhões de reais) um exemplar quase impecável de Batman #1, de 1940. A edição estava em um leilão pela Heritage Auctions e, pela venda, estabeleceu um novo recorde: o quadrinho mais caro do Batman já negociado da história.

Aposto que você está se perguntando: mas porque esse valor tão alto? Bom, o que elevou o valor foi sua designação 9.4 da Certified Guaranty Company. As histórias em quadrinhos da época eram feitas em papel barato e lidas de forma descartável, na maioria das vezes. Por ter sobrevivido todos estes anos, o exemplar ainda preserva suas páginas na cor branca, se tornando uma super raridade do Homem Morcego.

Antes da venda, o proprietário era o colecionador Billy T. Gates. Ele comprou a edição em 1979, em uma loja de quadrinhos por cerca de 3 mil dólares na época. Foi dono da edição por mais de 40 anos, ficando para seu filho após sua morte em 2019.

A SAUDOSA EDIÇÃO DE “BATMAN #1”

A edição foi publicada em 1940, e acredite, não foi a primeira aparição do alter ego de Bruce Wayne nos quadrinhos. Ele já havia aparecido um ano antes em Detective Comics #27, criado pela dupla de quadrinistas Bob Kane e Bill Finger. O grande destaque desta edição Batman #1 fica por conta das estreias dos personagens Coringa e Mulher Gato. De fato, um marco para as histórias em quadrinhos da DC Comics.

QUAL É A HQ DE HERÓI MAIS CARA DE TODAS?

Se você achou um valor alto pago de 2,2 milhões de dólares na edição de Batman #1, se segure na cadeira ao saber da história em quadrinhos mais cara já vendida. O recorde mundial fica para o exemplar Action Comics #1, sendo ela a primeira aparição do Superman. Foi negociada no eBay em 2014 por 3,2 milhões de dólares!