Jaqueta puffer masculina: como usar?

Aproveitando que o inverno começou no Brasil — apesar do clima ainda não estar tão frio — hoje vamos falar sobre uma peça que é tendência na moda masculina: a jaqueta puffer. Não reconheceu o nome? Trata-se de um modelo de jaqueta que tem gomos acolchoados entre as costuras, o que proporciona volume a ela. Bora ver algumas dicas de como usá-la?

1# ESCOLHA DE ACORDO COM A TEMPERATURA

Apesar do tamanho, a jaqueta puffer não precisa ser necessariamente quentíssima, porque boa parte do seu volume vem do ar dos gomosHá vários modelos que trazem materiais leves em sua composição, que não esquentam muito; e há aqueles capazes de suportar até neve. Então escolha de acordo com a temperatura da sua cidade.

2# PRESTE ATENÇÃO NO VOLUME

Tome cuidado com o volume da jaqueta. A jaqueta puffer é grandinha por natureza, mas se o modelo for exagerado demais, isso pode deixar o seu tronco desproporcional em relação ao resto do corpo. Não cometa este erro.

3# FICA ÓTIMO EM COMBINAÇÕES CASUAIS 

A combinação da jaqueta puffer com peças casuais é matadora. Por exemplo calça jeans escura ou de sarja; bota ou tênis branco; camiseta básica ou henley; etc. Como ela é meio chamativa, o ideal é o resto do look ter cores mais neutras para equilibrar o visual. Ah, sim, a puffer também funciona bem com camadas — tipo camiseta, malha e ela por cima.

4# É PERFEITO PARA LOOKS ATHLEISURE

A jaqueta puffer é uma excelente opção para compor um visual athleisure, que traz elementos da moda casual e esportiva no mesmo look. Até porque, quando foi criada, ela era muito usada por alpinistas para aguentar as altitudes elevadas e temperaturas baixas. Outro ponto alto dela? O conforto que proporciona.

5# INVISTA EM CORES NEUTRAS

Já que tocamos no assunto de cores, vamos nos aprofundar um pouco. Se você apostar em tons clássicos como preto, azul-marinho, bege e verde-militar, não tem erro. Melhor deixar as cores mais ousadas para a prática de esportes, não para o dia-a-dia.

6# SIM, DÁ PARA USAR NO TRABALHO

Apesar dela ser casual, há alguns modelos mais conservadores — com volume reduzido e tonalidades sóbrias — que podem ser usados no trabalho. Desde que a sua profissão não exija terno e gravata, claro.

VÍDEOS EM DESTAQUE