fbpx
sexta-feira, maio 24, 2024
InícioAtitudeDesenvolvimento PessoalPessoas que falam sozinho não são loucas e, sim, mais inteligentes

Pessoas que falam sozinho não são loucas e, sim, mais inteligentes

Falar sozinho pode parecer coisa de louco. Mas não se engane: esse é um dos segredos das pessoas inteligentes. É o que revela um estudo da Universidade de Illinois, publicado no European Journal of Social Psychology.

Segundo a pesquisa, incentivar a si mesmo (em voz alta ou com mensagens escritas) aumenta a força de vontade e acalma os nervos. Estes recados têm um efeito positivo no cérebro, especialmente se você falar na segunda pessoa.

Então dizer “você chega lá” é mais eficiente do que “eu chego lá”. A razão disso é que, ao ouvir o recado em voz alta, a nossa cabeça ativa a memória de amigos ou familiares nos estimulando.

Como eles chegaram a essa conclusão? Os pesquisadores pediram para um grupo de estudantes completarem anagramas. Metade deles se incentivava na primeira pessoa, a outra metade na segunda pessoa. O grupo que dizia “você” completou mais desafios e, além disso, fez a tarefa mais feliz.

Além disso, um experimento realizado pelo psiquiatra Gary Lupyan constatou que falar sozinho estimula a memória, te mantém focado e ajuda a clarear os pensamentos.

Da próxima vez que você ver alguém falando com si mesmo, então, não dê risada da sua “loucura” – em vez disse, adote o seu inteligente hábito.

Pedro Cohn
Pedro Cohn
Um dos fundadores do El Hombre, hoje vive na Califórnia à beira do mar. Se você quer irritá-lo, basta falar mal da Apple. Mas prepare-se para tomar um pontapé na orelha.