Poker online: inspire-se em apostadores que entraram para a história

Por conta da crise econômica no Brasil, um número cada vez maior de pessoas vem buscando alternativas de renda extra, uma vez que não está fácil conseguir um emprego fixo por aqui. Uma das opções mais populares tem sido o poker online. Quando um jogador une talento, estudo e estratégia, é possível se destacar nas mesas virtuais.

Durante muito tempo, o jogo foi alvo de preconceito. Mas hoje ele é considerado uma fonte de renda séria, que pode proporcionar um bom retorno financeiro a quem pratica. Inclusive o poker foi oficializado pela “Associação Internacional de Esportes da Mente” como um esporte mental, ao lado de modalidades como o xadrez e o bridge.

Existem muitas histórias de jogadores profissionais que fizeram fortuna nas mesas de poker online. Abaixo, reunimos algumas delas, para inspirá-lo caso deseje seguir por esse caminho também.

PHIL IVEY

No panteão dos grandes jogadores, o americano Phil Ivey é um dos maiores. O sucesso rendeu a ele o apelido de “Tiger Woods do Poker”. Ele possui nada menos do que 10 braceletes da World Series of Poker (WSOP), o campeonato mundial da categoria, disputado anualmente em Las Vegas. Ele já faturou mais de US$ 26 milhões em torneios ao vivo e US$ 19 milhões jogando na internet, segundo o site de estatísticas Poker Update. Poucos jogadores conseguiram demonstrar, ao longo da carreira, uma versatilidade tão grande na transição entre o poker online e o presencial.

PATRIK ANTONIUS

O finlandês Patrik Antonius fez história no poker online ao arrematar o pote mais alto da história. Isso aconteceu numa partida épica contra o sueco Viktor Blom, quando ele levou nada menos do que US$ 1.356.947,00. Isso mesmo: mais de um milhão de dólares numa única jogada. Atualmente, seus ganhos estão estimados em mais de US$ 11 milhões. É interessante notar que, antes de se dedicar ao poker, Antonius já estava envolvido no universo esportivo. Ele era jogador profissional de tênis, e, mais tarde, tornou-se treinador da modalidade. Esse pode ser o motivo pelo qual ele se tornou um grande vencedor. Para ser bem-sucedido no poker online, é fundamental ter os traços que os atletas de elite costumam desenvolver, como foco e pensamento estratégico.

BEN TOLLERENE

Já pensou em transformar US$ 500 em astronômicos US$ 7,5 milhões? O americano Ben Tollerene conseguiu essa proeza por meio do poker online. Além disso, ele já arrecadou mais de US$ 5 milhões participando de torneios ao vivo. De acordo com Tollerene, seu sucesso só foi possível graças a um fator: informação. Ele foi um frequentador assíduo de fóruns sobre poker, e, em pouco tempo, tornou-se autoridade no assunto. Essa, portanto, é uma atitude que os aspirantes a estrelas do poker devem assumir.

ALEXANDRE GOMES

O poker online é um fenômeno mundial – inclusive aqui no Brasil. O país tem lançado várias estrelas desse universo. Uma delas é o paranaense Alexandre Gomes: ele entrou para a história ao conquistar o bracelete do campeonato mundial de poker, a World Series of Poker (WSOP). Ele foi o primeiro brasileiro a atingir essa proeza, que depois foi repetida por André Akkari, Thiago Decano e Roberly Felício. Atualmente Gomes é o atleta nacional que acumulou a maior premiação com o poker: já são R$ 12 milhões. Unindo talento e estratégia, ele chegou a arrematar valores na casa dos seis dígitos em um único campeonato.

VIKTOR BLOM

Conhecido como “Isildur” entre os jogadores, o sueco Viktor Blom revolucionou o poker online ao movimentar milhões nas mesas de high-stakes, onde valores monumentais são disputados a cada mão. Para ele era comum ganhar – ou perder – cifras na faixa de US$ 1 milhão por dia. Blom é dono de um talento extraordinário, mas a sua história nos ensina outra lição importante: é preciso ter autocontrole para conquistar sucesso no longo prazo. Conforme foi ficando mais velho, a experiência proporcionou isso a ele. Em vez de continuar assumindo riscos tão altos diariamente, o sueco adotou uma postura mais equilibrada nas mesas.

CHRIS MONEYMAKER

Para finalizar a nossa lista, não poderíamos esquecer aquele que foi um dos grandes responsáveis pelo boom do poker no mundo: Chris Moneymaker. Em 2013 ele se classificou para a WSOP por meio de um satélite online, no qual ele investiu US$ 86 para a inscrição. Ao chegar em Las Vegas, o americano conquistou o título mundial depois de superar 838 adversários. Seu prêmio? US$ 2,5 milhões. Sua história viralizou no mundo, transformando o poker num fenômeno. Tanto que o Main Event da WSOP saltou para 2576 inscritos no ano seguinte e para 5619 em 2015. Uma curiosidade sobre Chris Moneymaker? A tradução de seu sobrenome seria “fazedor de dinheiro” em português, o que leva muitas pessoas a acharem que “Moneymaker” é um apelido. Mas esse é realmente seu nome, como se já estivesse destinado a ter sucesso nas mesas de poker desde o dia em que nasceu.