fbpx

Preparem o cotovelo: eis os atletas mais bem pagos do mundo

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Parcerias

Vamos lá, senhores, preparem seus cotovelos, pois eles irão doer levemente. A Forbes acabou de divulgar a sua lista anual dos atletas mais bem pagos do mundo, que compreende o período de junho de 2015 até o final de maio desse ano.

O ranking é composto por 100 esportistas das mais variadas categorias que juntos ganharam US$ 3.15 bilhões preríodo. São considerados valores tanto de salários e premiações quanto de patrocínios e publicidades.

Ano passado quem encabeçou a lista foi Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao, que fizeram a luta do século envolvendo valores absurdos. Eles apareceram com US$ 300 m e US$ 160 m respectivamente na lista de 2015. Acontece que os dois não lutam mais e sues ganhos declinaram absurdamente.

Assim, o topo do ranking em aberto. E quem correu para tomá-lo? Ele, claro: Cristiano Ronaldo.

O português é hoje o atleta mais bem pago do mundo: faturou US$ 88 milhões nos 365 dias passados. Parece uma miséria perto dos valores recolhidos por Mayweather — mas não é, convenhamos.

Essa é a primeira vez desde 2001 que alguém que não seja o pugilista ou o golfista Tiger Woods encabeça a lista. Esse último, inclusive, tem histórico de dominar a posição: liderou o ranking por 12 vezes nesse período. Com uma lesão recente, ele caiu para a 12º em 2016.

Deem uma olhada no top 10:

cristiano

#1 Cristiano Ronaldo (futebol)

US$ 88 milhões (US$ 56 M em salário e US$ 32 M em publicidade)

#2 Lionel Messi (futebol)

US$ 81.4 milhões (US$ 53.4 M em salário e US$ 28 M em publicidade)

#3 LeBron James (basquete)

US$ 77.2 milhões (US$ 23.2 M em salário e US$ 54 M em publicidade)

#4 Roger Federer (tênis)

US$ 67.8 milhões (US$ 7.8 M em salário e US$ 60 M em publicidade)

#5 Kevin Durant (basquete)

US$ 56.2 milhões (US$ 20.2 M em salário e US$ 36 M em publicidade)

#6 Novak Djockovic (tênis)

US$ 55.8 milhões (US$ 21.8 M em salário e US$ 34 M em publicidade)

#7 Cam Newton (futebol americano)

US$ 53.1 milhões (US$ 41.1 M em salário e US$ 12 M publicidade)

#8 Phil Mickelson (golfe)

US$ 52.9 milhões (US$ 2.9 M em salário e US$ 50 M em publicidade)

#9 Jordan Spieth (golfe)

US$ 52.8 milhões (US$ 20.8 M em salário e US$ 32 m em publicidade)

#10 Kobe Bryant (basquete)

US$ 50 milhões (US$ 25 M em salário e US$ 25 M em publicidade)

Pronto, esses caras já poderiam passar a vida inteira apenas divertindo, afinal já garantiram a sua existência e a de algumas gerações de suas famílias. A

Agora vamos a algumas curiosidades:

lebron-james-ferrari

ESPORTES

10 esportes diferentes participaram da lista. Você pode achar, pelo top 10, que  o futebol teve muitos representantes — mas nem tanto: 12 jogadores. A categoria com mais atletas foi o baseball com 26, seguido pelo futebol americano (21) e o basquete (18).

NACIONALIDADE

Atletas de 23 países participaram do top 100. Desses, os americanos foram maioria esmagadora: 65. De brasileiros, apenas Neymar no ranking na 21ª posição, somando US$ 37.5 milhões (US$ 14.5 de salário e US$ 23 de publicidade). Para você ter ideia, isso dá cerca de R$ 127 milhões.

IDADE

As idades dos atletas variam bastante, dos 22 aos 46 anos. A média é 31. Ou seja, é na maturidade que os caras fazem mais grana.

PATROCINADORES

Esses esportistas são patrocinados por diversas marcas, mas a campeã da lista é a Nike. A americana está envolvida com simplesmente metade dos atletas do ranking. Sim, 50% deles estão sob as asas da Nike.

roger

IMAGEM SOCIAL

A valor total do que os atletas ganharam diminuiu US$ 70 milhões em relação à 2015. Contudo, o que entrou de publicidade aumentou em 11%: esse ano foram US$ 924 milhões investidos nessa área pelas marcas.

Roger Federer foi o atleta que mais recebeu por sua imagem: US$ 60 milhões. Mas é CR7 o cara mais popular do mundo com seus 217 milhões de seguidores nas redes sociais (Face, Insta e Twitter).

Com toda essa galera curtindo seus passos, ele gerou, nesse um ano, US$ 176 milhões para as empresas que o patrocinaram. Isso foi alcançado por meio de 255 postagens. Calculando, concluímos que cada postagem que ele faz rende cerca de US$ 700 mil.

Não é pouca coisa!

Na sua cola estão Messi e Neymar, com 131 milhões e 129 milhões de seguidores respectivamente.

MULHERES

Agora, um fator de chamar muita atenção é o número de mulheres na lista. Dos 100 esportisas, duas são do sexo feminino. A diferença é absurda: são 98 homens e 2 mulheres. São elas Serena Williams (#40) e Maria Sharapova (#88), ambas do tênis.

Isso é sinal claro de que nós, como sociedade, ainda não compreendemos que o mundo esportivo (entre outros) é tanto para homens quanto para mulheres. Igualmente.

Hoje, dessa lista, o único esporte que trata os gêneros de maneira igualitária em valores é o tênis, que paga a mesma coisa para um e para outro. De resto…

serena

EX-ATLETAS

A lista só inclui atletas ativos nos últimos 12 meses. Quem se aposentou antes desse período não entra no ranking.

Se não fosse por isso, Michael Jordan lideraria a lista com folga: ele ganhou US$ 110 milhões no último ano — muito por conta de sua marca de roupa.

OUTROS NOMES

Eis outros nomes conhecidos que aparecem no ranking.

#11 Lewis Hamilton — US$ 46 M

#15 Tom Brady — US$ 44.1 M

#21 Rafael Nadal — US$ 37.5 M

#25 Zlatan Ibrahimovic — US$ 37.4 M

#32 Usain Bolt — US$ 32.5 M

#49 Wayne Rooney — US$ 26.1 M

#65 Luiz Suarez — US$ 23.8 M

#69 Stephen Curry — US$ 23.6 M

#74 Andy Murray — US$ 23 M

#85 Connor McGregor — US$ 22 M