Que tal um relógio de luxo inspirado em tatuagens?

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Vídeos

A Hublot é uma marca suíça de relógios de luxo que gosta de inovar. Recentemente falamos sobre a bela peça que eles lançaram homenageando o Chelsea. E no próprio texto mencionamos que o clube inglês não foi o primeiro a receber um tributo da relojoaria — Bayern de Munique, Paris Saint-Germain, Juventus e Ajax também tiveram seus distintivos cravados produtos dos caras..

Mas a novidade que a empresa anuncia agora não vem do mundo do futebol, e sim do universo das tatuagens. Pois é, senhores, quem diria que relógios de luxo e tattoos um dia uniriam forças.

Os suíços tiveram a ideia de desenvolver uma peça inspirada em tatuagens e para isso resolveram convidar Maxime Büchi, famoso tatuador britânico, para participar do projeto. Büchi é o homem por trás do estúdio Sang Bleu, que fica em Londres e foi notícia outro dia por receber Kanye West.

launch_BB_SangBleu_27

Os desenhos de Büchi baseiam-se muito em formas geométricas e esse foi o caminho que ele escolheu para desenvolver o novo relógio da Hublot. Só que o tatuador foi um pouco mais além e inspirou-se no Homem Vitruviano de Leonardo DaVinci, o que deu “harmonia e proporção” ao relógio.

O mostrador preto apresenta a contagem das horas na estrutura mais externa e dos minutos no circulo interior. Quanto aos ponteiros, não há! O que indica o horário são as estruturas octognoais sobrepostas no centro do relógio.

O Big Bang Sang Bleu — nome do relógio, já que ele foi desenvolvido a cima do tradicional modelo Big Bang da Hublot — é feito de vidro e metal e terá produção limitada a 200 unidades.

O valor? Ainda não foi anunciado oficialmente — mas estão dizendo que ultrapassará os R$ 85 mil.

E é aqui que paramos e pensamos: quantas tattoos não dá para fazer com esse dinheiro?

Big-Bang-Sang-Bleu-4-copy

launch_BB_SangBleu_29

hublot-sang-bleu-big-bang-watch-01-960x640