suspensórios

Suspensório: como usar (ou não)

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Esses dias recebemos, lá no Instagram, uma dúvida de um seguidor pedindo dicas de como usar suspensório masculino. A regra básica é não reunir suspensório e cinto ao mesmo tempo. Afinal, os dois servem para o mesmo propósito, que é oferecer suporte à calça.

Antes da Primeiro Guerra Mundial, que durou de 1914 a 1918, o suspensório era muito popular entre os homens. Cinto era coisa de soldado.

Mas como quase toda a população masculina da Europa acabou se envolvendo na guerra (calcula-se que o número total ultrapasse os 60 milhões), os rapazes se acostumaram a usar cinto nas trincheiras e muitos continuaram usando o acessório, ao voltar para casa.

E então, gradualmente, o suspensório foi perdendo a sua relevância. Hoje é bem raro encontrar alguém vestindo um.

Posso ser absolutamente sincero? Acho isso bom. Que me perdoem os fãs do suspensório, mas nunca vi um único look no Pinterest ou Instagram ou Google de alguém usando a peça que não ficaria melhor com cinto ou sem nenhum dos dois acessórios.

Ok, já encontrei um look ou outro que deu para passar, tipo esses aqui embaixo. Mas no limite. E com certeza ficariam mais estilosos sem os suspensórios.

A questão, senhores, é que a moda passa, mas o estilo é atemporal. Desde que o movimento hipster ganhou notoriedade, algumas peças vintage voltaram aos holofotes, como é o caso do suspensório e das gravatas borboletas.

Num editorial fashion, pode até ficar interessante. Mas não se enganem: na vida real, o suspensório traz um ar exageradamente retrô. Parece que saiu de uma cápsula do tempo, ainda mais se combinado com outras peças também de época. Olha só:

Então você não deve usar suspensórios em hipótese alguma? Calma, não é isso que estou falando. Na moda masculina não existem regras, apenas conselhos. E o meu é não usar. Acredito que o cinto fica melhor em 100% dos casos.

Mas o estilo vai de acordo com a personalidade de cada um. Se você tem um espírito mais vintage – curte vinil, adora os looks estilo de outras épocas – aí esse look pode fazer sentido para você. E não importa o que os outros pensam desde que você tenha em mente a imagem pessoal pessoal que está passando para as outras pessoas.