Preparamos um guia para você dar um churrasco vegetariano de respeito

Se churrasco é o programa preferido de muita gente, acaba sendo um saco para muitos outros – os vegetarianos. Mas, ei, não precisa ser assim.

Churras é sinônimo de carne, certo? Não necessariamente. Se você não come carne, faz seu churrasco como quiser, oras. É só ter criatividade.

Já se foi o tempo em que um vegetariano ficava panguando numa festa dessa. Inclusive, ninguém mais tira onda de quem aparece com meia dúzia de berinjela e alguns tomates para grelhar num churrasco (mentira, tiram onda sim. Mas, ah, se joga veggie!).

Por isso, seguindo o Espírito do Tempo que joga em favor dos negadores de carne, preparamos esse guia para você dar um churrasco vegetariano de respeito.

1# DEFINA O CADRDÁPIO

A primeira coisa a se fazer é escolher quais alimentos participarão do seu churras. Aqui, na verdade, vale tudo. Qualquer coisa que você entender que fica (ou pode ficar) bom na grelha, é válido. Mas têm alguns alimentos que geralmente são usados em churrascos vegetarianos.

Considere, então, os seguintes vegetais:

– Abobrinha
– Beringela
– Aspargo
– Pimentão
– Brócolis
– Milho
– Vagem
– Couve flor
– Cenoura
– Batata
– Tomate
– Cebola

Por mais que não tenha presença frequente nas mesas cotidianas, o aspargo costuma ser uma das opções favoritas dos vegetarianos para grelhar. Pode acreditar.

Além disso, há outras opções básicas, como:

– Tofu
– Queijo
– Cogumelos
– Carne e salsicha de soja
– Pães (principalmente pão de alho, óbvio!)

E, por fim, não podemos esquecer das frutas. Sim, algumas frutas ficam maravilhosas quando grelhadas. Algumas dicas?

– Pêssego
– Morango
– Abacate
– Abacaxi
– Maçã
– Pera

churrasco-vegetariano-3-el-hombre

2# PREPARE O RANGO

Alguns vegetais podem ir diretamente para a grelha – mas outros vão precisar de um preparo anterior (apesar de isso variar bastante com o gosto).

As batatas e as cenouras, por exemplo, são mais densas do que os outros alimentos. Então é válido que elas sejam pré cozidas antes de irem à churrasqueira. Isso poupará bastante tempo. Muitas pessoas também preferem cortar os vegetais, tanto para que grelhem mais rápidos, quanto para os colocarem em espetinhos (falaremos em breve sobre isso!).

Para os outros vegetais, é bem recomendado dar uma temperara antes mandar ao fogo. Isso também vai de gosto. Algumas pessoas preferem colocar alguns alimentos direto na grelha, enquanto outras gostam de deixar temperando por alguns minutos.

Se você estiver no segundo grupo, vai precisar preparar uma “marinada” básica (principalmente para o tofu. Esse sim deve mesmo ser marinado para ficar da hora). Pode colocar, num recipiente, azeite, vinagre, suco de limão, alho, ervas (como cebolinha e salsinha) e sal. Essa é só uma ideia, mas deixe-se criar, não tenha medo de errar nos testes!

Então deixe os vegetais marinar por uns 20 minutos e depois leve-os à grelha. Você verá a diferença.

Mesmo para aqueles vegetais que forem grelhar sem preparo algum, procure dar uma pincelada com azeite. Como os vegetais não têm gordura, o azeite vai fazer com que eles não grudem na grelha e não fiquem muito ressecados (além de dar um gosto básico).

3# PONHA NA GRELHA

Primeiro e óbvio: lave a grelha. Depois, veja se ela será exclusiva para os vegetais ou se eles terão que compartilhar espaço com as carnes. Nesse segundo caso, é bom ficar esperto, porque muitos vegetarianos não suportam alimentos que venham com o aroma de carne – e é isso o que vai acontecer se seus legumes ficarem misturados a elas. Então procure sempre encontrar um cantinho na grelha, por menor que seja, exclusivo para os vegetais.

Se você optar por colocar os rangos direto na grelha, cuidado para não deixá-los vazar pelos espaços e cair no carvão. Se você cortá-los em pedaços e não conseguir acomodar numa boa por ali, ou pode colocar numa cesta ou então em papel alumínio. Essa última opção é ótima para fazer um mix de vegetais.

Quando as comidas estiverem na grelha, cuidado para não deixá-las direcionadas direto ao fogo. É melhor se você deixar grelhando com uma certa distância das chamas, pois isso vai fazer com que os legumes aqueçam de forma mais uniforme.

churrasco-vegetariano-2-el-hombre

4# USE A CRIATIVIDADE

Bom, além de grelhar os vegetais separados e comê-los com voracidade, há também outras formas de degustar as opções que estiverem em sua disposição.

– Mix

Usando o papel alumínio, você pode fazer um mix dos legumes, queijos, e frutas que tiver em mãos. Coloque tudo no papel, tempere a gosto e deixe aquecer por alguns minutos. Bem simples.

– Espetinhos

O espetinho é o formato preferido de muitos vegetarianos. Basta cortar em pedaços pequenos os legumes, frutas, queijos, cogumelos e etc, e organizá-los no espetinho (se for usar tomate, dê preferência ao tomate cereja, aquele pequeno, sabe?).

Aqui, o que vale mais é a criatividade e bom gosto na hora de selecionar as misturas. Você pode ser bem caretão (o que, péra lá, não é nada ruim) ou mais ousado, misturando frutas e vegetais no mesmo espetinho, por exemplo.

– Kafta

Sim, é possível fazer um kafta vegetariano também. Há várias receitas para isso. Uma delas, que encontramos no vegetarianos.com.br, é: “carne de soja granulada misturada com aveia, trigo para quibe, farinha integral, ovo e temperos como cheiro verde, shoyu e pitadas de sal. Misture a massa, forme rolinhos com a mão, enrole com o papel alumínio” e coloque na grelha.

Não esqueça de colocar a mistura num espetinho para ficar com cara de kafta mesmo!

– Hot dogs

Fazer um dogão? Positivo, senhores! Vegetariano também pode ser feliz, afinal. É só colocar uma salsicha vegetariana na grelha, esperar ficar no ponto, tacar no pão e mandar bala.

– Bruschetta

Aproveitando que o fogo estará alto, coloque algumas fatias de pães na grelha para fazer umas bruschettas. Também há várias opções de montagem, mas você pode ir pela básica mesmo: tomate e manjericão. Se grelhar o tomate pode ficar melhor ainda. Ah, e juntando o queijo, colocando entre o pão e o tomate, pode ficar melhor ainda!

– Acompanhamentos

Os tradicionais acompanhamentos devem permanecer, claro. Os sem carne, né? Arroz, maionese, farofa, salada… tudo na mesa! E você ainda pode variar, o oferecendo uma salada de macarrão, uma salada de berinjela, ou até um guacamole (gostou dessa?).