fbpx
Vestir-se bem

Vestir-se bem aumenta em 3x sucesso nas negociações, diz pesquisa

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

“Vista-se para o sucesso”, diz uma antiga máxima que é repetida há décadas pelos coachs de carreira. E eles estão certos em sugerir isso.

Um estudo publicado pelo jornal americano “Washington Post” provou que, de fato, vestir-se bem tem uma influência tremenda na performance de um profissional.

Pesquisadores de Yale recrutaram 128 homens para simular vários cenários de negociação. Eles foram divididos em três grupos e receberam roupas diferentes:

  • Terno & Sapato
  • Moletom & Camiseta
  • Roupas Aleatórias

A turma do terno teve um lucro médio de US$ 2,1 milhões nas negociações. Quem estava de moletom, por outro lado, ganhou apenas US$ 680 mil. Os rapazes de roupa aleatória performaram na metade do caminho entre ambos.

Em outros palavras? Comparando o grupo do terno e do moletom, a imagem pessoal aumentou em mais de 3x o sucesso nas negociações.

Segundo o estudo, a melhora no desempenho de quem está bem vestido acontece por duas razões:

  • Fator interno: Roupas formais aumentam a confiança de quem as está usando.
  • Fator externo: Um look elegante influencia positivamente como os outros te veem, o que resulta em resultados melhores numa negociação.

Além disso, usar terno melhora a nossa capacidade de raciocinar, segundo outro estudo citado pelo jornal, no qual os voluntários vestidos formalmente resolveram tarefas com mais rapidez do que seus colegas em looks casuais.

Em tempos de home office existe a tentação de passar o dia de moletom ou pijamas. Mas, vestir-se bem para trabalhar, como se estivesse indo para o escritório, é um ritual que pode ter uma impacto positivo na sua rotina. Mesmo que as pessoas não te vejam, o fator interno ainda é relevante na sua performance diária.

Bora prestar mais atenção na roupa que usamos para trabalhar a partir de agora, senhores? Este é um detalhe simples que pode ajudar muito na carreira, como os cientistas de Yale provaram.