4 dicas para ter mais resiliência na vida

Resiliência, para resumir em poucas palavras, é a capacidade de lidar com as adversidades, se adaptar às situações e superar as dificuldades. Não basta esperar que a vida fique mais fácil. Cabe a nós nos tornarmos mais fortes e resilientes, para enfrentar as pedras que o destino coloca em nosso caminho. Hoje reunimos 4 dicas para ter mais resiliência na vida. Confira a seguir:

1# ACEITE AS MUDANÇAS E SEJA FLEXÍVEL

Você se lembra de quando falamos sobre Jeff Bezos, o criador da Amazon? Uma das suas frases mais célebres é a seguinte: “Resmungar não é uma estratégia. Temos que lidar com o mundo tal como ele é, e não como gostaríamos que ele fosse”.

A flexibilidade é uma qualidade necessária, pois, quando as circunstâncias são alteradas de maneira súbita, é crucial não entrarmos em pânico. Seja pragmático, busque um novo recurso e se adapte rapidamente. As coisas não ocorrem no intuito de atender às nossas expectativas. Elas acontecem como devem acontecer.

2# RESISTA AOS PENSAMENTOS NEGATIVOS 

Uma pesquisa sugeriu que os seres humanos costumam ser confrontados com cerca de 65 mil pensamentos diariamente, sendo que 85% a 90% destes são negativos e envolvem coisas com as quais nos preocupamos ou tememos. Entenda o fato de que o seu cérebro funciona dessa maneira e mantenha a negatividade no seu devido lugar. Não seja pessimista. Seja um otimista realista.

3# APRENDA COM SEUS ERROS E FRACASSOS

Poucas coisas são piores do que fracassar, especialmente quando o fracasso ocorre graças aos erros que cometemos. Mas é importante nos lembrarmos do fato de que só podemos enfrentar o futuro através das lições que aprendemos no passado.

Se você falhar, tente novamente. Tenha a humildade de tropeçar, de se perder de vez em quando e de cometer erros. Em vez de personalizar um acontecimento, tirando conclusões desalentadoras no que se refere a si mesmo ou à humanidade, tire o melhor proveito possível do que aconteceu. Se for atencioso, encontrará algum benefício até mesmo nas piores experiências.

4# SAIA DE SUA ZONA DE CONFORTO COM FREQUÊNCIA

Não, a nossa zona de conforto não é algo ruim. Afinal das contas, ela possui uma série de benefícios: uma felicidade regular, embora um tanto morna, e um grau bastante reduzido de ansiedade e de estresse.

No entanto, existem alguns riscos. Em primeiro lugar, podemos acabar nos acostumando a uma série de coisas que não nos fazem bem. Certas pessoas, por exemplo, acostumam-se à ansiedade ou à tristeza e não conseguem viver fora desses sentimentos.

É importante aprendermos a deixar a nossa zona de conforto de tempos em tempos a fim de desenvolvermos novas habilidades, talentos e de vivermos novas experiências, o que fará com que nos sintamos mais confiantes.

Gostou da nossa reflexão sobre resiliência? Vale a pena assistir agora ao vídeo que fizemos sobre otimismo realista: