Beber não afeta o trabalho no dia seguinte, diz estudo — mas a falta de sono, sim

Boa notícia, senhores: beber álcool não afeta o trabalho no dia seguinte, a ciência provou.

Qual é o verdadeiro vilão de produtividade? A falta de sono.

Pesquisadores da Universidade de Cambridge analisaram os hábitos de 22 mil trabalhadores ingleses.

Eles descobriram que, ao dormir 6 horas ou menos, a pessoa tem uma performance muito inferior em relação a seus colegas que pregam os olhos por 7 ou 8 horas.

A falta de sono resulta em algo chamado “presenteísmo”.

Em suma, significa que o corpo da pessoa está ali, mas a mente não totalmente — você até consegue realizar uma tarefa, mas não à altura de suas capacidades reais.

friends-drinking-together

A grande descoberta do estudo é que pessoas que beberam (ou fumaram) na véspera do trabalho não tiveram seu desempenho afetado.

“Ficamos bem surpresos com isso”, disse Shaun Subel, diretor do instituto Vitality Health, que encomendou a pesquisa para a Universidade de Cambridge.

No longo prazo, porém, beber pesado demais pode trazer problemas profissionais.

Então agora você já sabe o truque, hombre: pode mandar bala no happy hour, apenas lembre-se de voltar cedo para casa — e tomar bastante água para prevenir a ressaca.