fbpx
segunda-feira, junho 17, 2024
InícioAtitudeDesenvolvimento PessoalComo desenvolver o seu senso de humor em 5 passos

Como desenvolver o seu senso de humor em 5 passos

Pergunte a qualquer mulher quais as qualidades que ela considera essenciais em um homem. O que acredita que ela dirá? Poder, competência, fortuna? Eu duvido. É mais provável que ela tenha em vista outra coisa, isto é, o senso de humor.

Mas não são apenas as mulheres.

Reveja as pessoas a quem gosta de ter ao seu lado. Será que elas não te fazem sorrir?

Existe, é claro, um certo charme na melancolia. Mas é inegável que uma pessoa bem-humorada é uma companhia mais agradável do que uma pessoa melancólica, e que esse mero fato deveria levá-lo a investir em seu senso de humor.

Para conquistar a afeição geral, o ideal é que você seja divertido sem incorrer em excessos e sem se tornar o palhaço da turma.

E como fazer isso?

1# ENTENDA A IMPORTÂNCIA DO SENSO DE HUMOR

O senso de humor faz com que encontremos graça tanto em situações super positivas quanto em situações super negativas, o que reduz o estresse, a ansiedade e a tristeza que tais ocorrências possam ter nos causado.

Ele também expande a nossa criatividade e nos torna muito mais atraentes, melhorando o nosso relacionamento com as pessoas ao nosso redor.

2# APRENDA A RIR DE (QUASE) QUALQUER SITUAÇÃO

É evidente que há situações que não têm graça alguma, tais como histórias relacionadas, digamos, a violência.

Mas a maior parte das ocorrências da vida, por mais difíceis ou dolorosas que possam ser, possuem um lado potencialmente divertido.

Para citar apenas um exemplo, uma rejeição amorosa pode resultar em uma história engraçadíssima, por mais que tenha partido seu coração na época em que aconteceu.

3# TIRE UM (LEVE) SARRO DE SI MESMO

Rir de si mesmo é essencial.

Ninguém é perfeito. Todos cometemos uma infinidade de erros. Ria das coisas tolas e/ou embaraçosas que fizer. Lembre-se dos momentos mais constrangedores da sua vida, e dê um jeito de contar essa história de uma maneira que seja divertida. Basta tirar um (leve) sarro de si mesmo, e talvez exagerar ou dramatizar um pouquinho.

E mais: um pouquinho de humor autodepreciativo é uma ferramenta crucial para agir de maneira sábia frente às adversidades. Isso o ajudará a se tornar mais resiliente e a achar mais força durante os momentos mais negativos pelos quais passar.

4# SEJA BEM HUMORADO COM OS OUTROS

Transfira o seu senso de humor também para os outros! Assim como você não deve levar a si mesmo tão a sério, faça o mesmo com as pessoas ao seu redor. Procure rir com leveza dos erros que cometerem.

Imagine a seguinte situação: a sua namorada está indo para Londres, e diz que irá te ligar assim que chegar. Mas, por qualquer motivo, ela não o faz. Talvez a bateria de seu celular tenha acabado, ou ela tenha adormecido.

Em vez de ficar furioso com ela, por que não mandar uma mensagem divertida que possa, ao mesmo tempo, passar um recado? Algo como…

… Fico feliz que o seu avião não tenha caído, querida.

5# NÃO SEJA OFENSIVO E ANTIQUADO

Sempre pense no contexto de uma piada. Será conveniente contá-la, por exemplo, no seu ambiente de trabalho ou em meio a um encontro?

Piadas machistas, por exemplo, são extremamente insultuosas. Mesmo entre um grupo de amigos próximos, busque sempre evitá-las, até porque essas piadas perpetuam um pensamento antiquado.

Além disso, existe uma diferença grande entre zombar de um grupo favorecido e poderoso (o que é um ato de coragem e que desafia o status quo) e zombar de um grupo minoritário ou vítima de opressão (o que é uma atitude covarde de quem faz a piada). Saiba distinguir as duas coisas.

LEITURAS COMPLEMENTARES

Matérias do El Hombre relacionadas ao assunto que você pode gostar também:

➤ Inscreva-se no canal do El Hombre no YouTube para vídeos diários de estilo, lifestyle e desenvolvimento pessoal.

Camila Nogueira Nardelli
Camila Nogueira Nardelli
Leitora ávida, aficcionada por chai latte e por gatos, a socióloga Camila escreve sobre desenvolvimento pessoal aqui no El Hombre.