Hoje vamos falar sobre timidez. Já comentamos aqui no El Hombre que o maior tipo de arrependimento é pelas coisas que não fazemos. As oportunidades que deixamos passar. Os riscos que não tomamos. As experiências que não vivemos.

E quando somos tímidos, é um instinto natural da nossa personalidade ter um apego maior à zona de conforto por causa da ansiedade que o convívio social proporciona. Especialmente na hora de conhecer novas pessoas.

Você se identifica com esse perfil? Então vai curtir o texto de hoje, porque reunimos algumas dicas práticas de como superar a timidez e aproveitar mais a vida. Olha só:

1# SAIBA QUE VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO

O primeiro passo? Saiba que você não está sozinho. Muito pelo contrário. Segundo um estudo americano, cerca de 4 em cada 10 pessoas têm algum grau de timidez.

É importante saber isso porque, ao achar que só você é tímido e o resto do mundo é extrovertido, isso abala a sua confiança e autoestima, como se fosse a única bolacha fora do pacote.

2# FAÇA COISAS NOVAS

A timidez é muito ligada à zona de conforto, então você precisa se esforçar para fazer coisas novas. Como praticar um novo esporte, ou aprender um novo instrumento musical, ou viajar para um novo lugar… Aula de teatro é uma excelente opção para se soltar.

Mas não precisa entrar logo numa terapia de choque, ok? Comece com os passos pequenos e vá indo para os maiores. Assim o seu cérebro vai se acostumando a expandir progressivamente a sua zona de conforto.

3# EXPRESSE A SUA OPINIÃO

Os tímidos em geral têm dificuldades de expressar a opinião na frente dos outros, pelo receio do julgamento alheio que o comentário pode gerar.

Esse pode ser um obstáculo difícil de superar. Mas se você for um cara antenado e atualizado, vai se sentir mais seguro para engajar nas conversas, por saber que tem domínio do assunto.

Então fique sempre por dentro das notícias, leia livros, assista documentários, etc. Ao expandir sua área de conhecimento, isso aumentará a sua segurança na hora de expressar as opiniões sobre assuntos gerais.

4# CONHEÇA AS SUAS FORÇAS

Essa aqui é uma dica bastante útil. Pegue uma folha de papel e escreva as suas forças e qualidades. Por exemplo: “Inteligente, cabelo estiloso, sei cozinhar bem, etc”. Isso vai levantar a sua autoestima e fazê-lo se sentir mais confiante, diminuindo assim a sua timidez.

5# TRABALHE NOS SEUS PONTOS FRACOS

Se o item anterior era focado nas “forças”, agora vamos falar dos pontos fracos. Anote também, numa outra coluna do papel, as suas características que te incomodam. Por exemplo: “Estou acima do peso, não sei me vestir bem, etc.”

Agora comece a trabalhar nessas questões. Para todo problema, existe uma solução. Basta ter disciplina e força de vontade para ir atrás do caminho. Apenas não seja acelerado demais e queira resolver tudo ao mesmo tempo, porque você vai se sentir sobrecarregado. Lembre-se: um passo por vez. O importante é seguir em frente, não interessa a velocidade.

6# FIQUE ATENTO À LINGUAGEM CORPORAL

Já demos um estudo aqui no El Hombre dizendo que, quando você adota uma postura corporal de líder, isso faz o seu cérebro incorporar o papel. Então preste atenção ao seu corpo. Uma mudança na linguagem corporal vai fazer os outros – e você próprio – te enxergarem de uma maneira diferente.

Algumas dicas básicas? Projete sua voz, mantenha a cabeça erguida, olhe no olho das pessoas ao conversar, fique com a postura ereta. E não deixe de ler, também, o nosso texto sobre os 9 passos para ter uma linguagem corporal confiante.

7# CONTROLE A IMAGINAÇÃO

Existe um antigo ditado que diz o seguinte: “A imaginação é uma ótima subordinada, mas uma péssima comandante.” Em outras palavras? Se você deixar suas fantasias tomarem as decisões por você, está ferrado.

Muitas vezes, o cérebro prega uma peça em nós. Ele fica fantasiando o pior cenário possível que pode acontecer em alguma situação, o que causa uma ansiedade extrema e nos deixa em estado de pavor.

Nem sempre é fácil controlar esse impulso, mas é preciso aprender a fazê-lo. Senão você vai virar um refém da sua imaginação. Técnicas de respiração e meditação são bastante úteis para trazer serenidade à sua mente nestes momentos.

Então pratique mais o otimismo e o mindfulness, que é o hábito de viver ao máximo no momento presente, sem deixar as ansiedades em relação ao futuro ou os eventos negativos do passado tomarem conta dos seus pensamentos.

VÍDEO SOBRE TIMIDEZ: