fbpx
segunda-feira, junho 17, 2024
InícioEntretenimentoLivros5 ensinamentos de Hercule Poirot, o maior detetive da literatura policial

5 ensinamentos de Hercule Poirot, o maior detetive da literatura policial

A trama é a seguinte: o detetive Hercule Poirot (cuja grandeza na literatura policial é comparável apenas à de Sherlock Holmes) está investigando um assassinato cometido numa noitada de bridge. O problema? As pistas são pouquíssimas. A solução que ele encontra, então, é comparar as características do crime à personalidade de cada jogador da mesa. Isso porque, segundo Poirot, ninguém consegue esconder o seu caráter em um jogo de cartas.

E, assim, com uma leitura psicológica profunda, ele descobre o assassino.

Ok, trata-se de um livro, é verdade. E neles o detetive sempre tem sucesso em sua investigação. Ainda assim, é possível aprender muito com as histórias do personagem belga de Agatha Christie.

Mais do que um investigador particular, afinal, ele é um filósofo e um estudioso da natureza humana. E, é claro, as suas histórias são repletas de lições valiosas para cada um de nós.

A PRIMEIRA LIÇÃO DE HERCULE POIROT

Ninguém consegue esconder a sua personalidade em um jogo de cartas, nem mesmo se o sujeito for mais ardiloso do que três advogados da Filadélfia. Cauteloso na mesa, cauteloso na vida; audacioso na mesa, audacioso na vida.

A SEGUNDA LIÇÃO DE HERCULE POIROT

Nem um mestre de disfarces consegue esconder as suas manias. Observe sempre a linguagem corporal dos outros; uma pessoa pode muito bem pintar os cabelos, escurecer a pele ou fazer uma plástica – mas raramente deixa de roer as unhas ou de amassar o miolo do pão.

A TERCEIRA LIÇÃO DE HERCULE POIROT

Para buscar o sucesso, devemos tirar proveito das lições do reino animal. Na dúvida, sempre seja um esquilo – eles armazenam as nozes durante o outono para poder aproveitá-las mais tarde.

A QUARTA LIÇÃO DE HERCULE POIROT

A má reputação nunca foi o bastante para deter as mulheres. Homens de excelente caráter e moralidade impecável não chamam a atenção feminina, pois as qualidades morais jamais foram ou serão românticas.

A QUINTA LIÇÃO DE HERCULE POIROT

Na carreira, você não precisa gelar os pés na lama e a tremer de frio enquanto se queima por dentro – a prudência e o autocontrole são muito mais úteis do que a impulsividade e a energia.

Camila Nogueira Nardelli
Camila Nogueira Nardelli
Leitora ávida, aficcionada por chai latte e por gatos, a socióloga Camila escreve sobre desenvolvimento pessoal aqui no El Hombre.