fbpx

Kwid, o novo SUV conceito da Renault apresentado na Índia

Felipe Lex
Felipe Lex Head de Marketing

O Salão do Automóvel de Nova Délhi, na Índia, tem sido visto por muitas montadoras como uma estratégia para a expansão da marca, principalmente nos países do BRIC.

Com isso, a Renault apresentou o Kwid, o primeiro SUV conceito mostrado pela marca fora da Europa.

Seu design, desenvolvido através de parcerias no centro de design da Renault na Índia, lembra ligeiramente o de um buggy adotando uma aparência ao mesmo tempo robusta e futurística.

O interior do veículo foi projetado a partir de um ninho de passarinho, dando proteção e conforto a passageiros e motorista.

O banco dianteiro comporta três pessoas, sendo que o motorista fica no meio, em uma posição um pouco a frente dos passageiros que ficam um de cada lado. Segundo a montadora, a escolha da posição central do volante é para atender mercados onde a direção fica na esquerda (como aqui no Brasil) e também na direita (como na própria Índia). Já o banco traseiro dá lugar a apenas duas pessoas.

No lado esquerdo do painel é possível encontrar um tablet que fica bem à frente do passageiro. Através dele é possível acionar o drone que fica guardado no teto do veículo. Ele pode ser ativado em modo automático, usando uma sequência de voo pré-programada e localização GPS. Ou no modo manual, assim você pode controlar o drone através do tablet para tirar fotos ou explorar as condições de trânsito que vem pela frente.

Na parte mecânica, nenhuma novidade: o mesmo motor 1.2 turbo que já é utilizado hoje na Europa, junto com a transmissão de dupla embreagem com seis velocidades.

O protótipo está bem longe de chegar ao modelo de produção, mas o conceito e as ideias apresentadas podem futuramente dar vida a um SUV compacto de cinco lugares que atenderá perfeitamente as necessidades dos motoristas indianos e até mesmo de outros países, como o Brasil.