Em nosso especial da Copa, já falamos sobre as melhores tatuagens e cabelos dos jogadores que estão presentes na Rússia. Hoje é dia de escalar a seleção dos barbudos. Fizemos uma lista com as Top 9 barbas do Mundial. Bora ver e se inspirar?

JIMMY DURMAZ (SUÉCIA)

O meia sueco Jimmy Durmaz apostou num visual bem rústico, com uma barba comprida e volumosa. Pode-se notar que, nas áreas laterais, ele dá uma leve aparada. Mas na região do queixo e pescoço,  deixa os fios mais longos.

RAMIN REZAEIAN (IRÃ)

Apesar da seleção do Irã ter sido eliminada na primeira fase, eles fizeram uma excelente Copa, com apenas dois gols sofridos — e engrossando o jogo contra Portugal e Espanha. O lateral Ramin Rezaeian foi um dos destaques do time. Tanto em campo quanto no grooming, com sua barba baixinha nas laterais e volumosa no cavanhaque.

ANDRÉ SILVA (PORTUGAL)

O português André Silva é a prova de que barba falhada pode, sim, ser muito estilosa. Reparem como ele tem poucos pelos entre o lábio e o queixo. Isso deixa o visual mais leve, ainda mais por ele manter a barba baixinha.

MILE JEDINAK (AUSTRÁLIA)

Com sua barba quadrada, o australiano Mile Jedinak é um dos destaques em nossa seleção da barbudos. O visual fica bem impactante com esse estilo. É preciso fazer uma manutenção regular, com um barbeiro de confiança, para manter essas linhas retas da barba.

ALIOU CISSÉ (SENEGAL)

Sempre com ternos bem cortados, gravata slim e cabelo cheio de personalidade, o técnico senegalês Aliou Cissé foi o homem mais estiloso da Copa. Na barba, ele aposta num cavanhaque desconectado — ou seja, no qual o bigode e os pelos do queixo não se juntam. O visual fica leve e elegante.

ARON GUNNARSSON (ISLÂNDIA)

O capitão islândes Aron Gunnarsson decidiu homenagear a história de seu país deixando uma barba digna de viking, bem comprida e com linhas angulares. É uma excelente opção para homens calvos, porque tira a atenção do cabelo.

LOFTUS CHEEK (INGLATERRA)

Se você curte uma barba mais aparada, o meia inglês Loftus Cheek é uma boa inspiração. Ele mantém os fios baixinhos e bem desenhados, tirando os excessos na área da bochecha e pescoço.

LIONEL MESSI (ARGENTINA)

Ok, não foi uma grande Copa para Messi. Sua performance em campo foi bem apagada. Mas pelo menos ele acertou na barba, com os fios mais baixos nas laterais e longos no queixo, trazendo harmonia ao seu rosto. Para ficar melhor, só faltou limpar a área do pescoço com mais atenção.

ADIL RAMI (FRANÇA)

Fechando a nossa lista, temos o francês Adil Rami, que adota um visual de barba cheia com degradê nas costeletas acompanhando a linha do cabelo. Nota 10.