Whisky, bourbon, rye e scotch: qual é a diferença?

Esses dias explicamos aqui no EL HOMBRE a diferença entre champanhe, prosecco e espumante. Aí um leitor apareceu com a sugestão: “Vocês poderiam falar também sobre os tipos de uísque.”

Esse é um assunto que realmente causa bastante confusão entre os homens. Então hoje vamos esclarecer as particularidades do Bourbon, Rye, Scotch e Irish Whiskey.

Antes de seguir em frente, um esclarecimento importante. O termo “whisky”, em português “uísque”, é uma bebida destilada da fermentação de grãos, com alto teor alcóolico (entre 38% e 54%) e envelhecida em barris.

Enquanto os ingleses e canadenses costumam usar a grafia “whisky”, os americanos e irlandeses preferem dizer “whiskey”. Mas na essência, é a mesma coisa, sendo que a receita de cada região tem suas particularidades, como explicaremos a seguir:

SCOTCH

Quando um uísque é produzido na Escócia, ele recebe o nome de Scotch. Em geral eles são feitos de cevada e precisam envelhecer num barril de carvalho por pelo menos três anos.

A mesma fórmula pode até ser replicada em outro país, mas no caso a bebida não pode ser chamada de Scotch, pois isso é exclusividade das destilarias escocesas. Aí recebe o nome genérico de whisky apenas.

BOURBON

Assim como o Scotch precisa ser produzido em solo escocês, Bourbon é o nome dado aos uísques americanos. Outro detalhe: em vez da cevada, eles devem ser feitos com pelo menos 51% de milho.

Em geral, o Bourbon tem um sabor mais adocicado do que o Scotch, que é mais intenso. Pessoas que não estão acostumadas a beber uísque, portanto, tendem a gostar mais do Bourbon.

RYE WHISKEY

Quando feito nos Estados Unidos, a regra do Rye Whiskey é igual à do bourbon, só que ele precisa ter 51% de centeio em sua receita em vez de milho.

Curiosamente, os canadenses também produzem Rye Whiskey, mas por lá não existe essa norma dos 51%. Inclusive, nem precisa ter centeio na composição. No Canadá, “rye” é como um sinônimo de uísque canadense.

O Rye Whiskey costuma ser um pouco mais apimentado do que o bourbon.

IRISH WHISKEY

Não dava para finalizar a nossa lista sem falar do tradicional Irish Whiskey, que é feito na Irlanda, como seu nome já entrega.

Enquanto o seu primo Scotch costuma ser destilado duas vezes ao longo do processo de produção, no caso do Irish Whiskey esse número sobe para três e ele não precisa usar cevada na receita.

Por fim, ele tende a ser mais suave do que o uísque escocês, então é uma boa pedida para quem quer iniciar no mundo do uísque.

VÍDEOS EM DESTAQUE