5 motivos para você incorporar a meditação à sua rotina

A meditação é uma técnica oriental poderosa utilizada há milhares de anos para acalmar a mente e controlar as emoções. A meditação já foi objeto de estudos por diversas universidades, como Harvard, UCLA, Stanford e USP, que comprovaram diversos benefícios desta prática. Veja aqui 5 motivos para incorporar a meditação à sua rotina:

1# SAÚDE E BEM-ESTAR

A prática da meditação atua no sistema psiconeuroimunoendócrino. Assim, o corpo modifica seu funcionamento, diminuindo os batimentos cardíacos e a pressão sanguínea. Por isso, a prática de meditação é excelente para evitar ataques cardíacos, hipertensão e inflamações no corpo, além de trazer disposição e energia. Estudos mostraram, ainda, que a prática regular da meditação pode até mesmo alterar o gene, aumentando seus telômeros, que estão ligados ao envelhecimento da célula, desacelerando o processo de envelhecimento.

2# CONTROLE DAS EMOÇÕES

A meditação é muito poderosa para o controle das emoções, sendo mais eficiente até mesmo que os próprios medicamentos, pois é capaz de inibir a produção de adrenalina e cortisol, reduzindo os índices de estresse, depressão e ansiedadeAlém do mais, a meditação estimula a produção de hormônios como a endorfina, que é analgésico natural, a serotonina e a dopamina, que são neurotransmissores associados as sentimento de felicidade e motivação.

3# DESENVOLVIMENTO DO CÉREBRO

A prática da meditação de forma prolongada aumenta a massa cinzenta do cérebro, além de desenvolver áreas importantes, como o hipocampo esquerdo, associado ao aprendizado e à memória; o córtex cingulado posterior, ligado às lembranças e autoregulação; a região temporo-parietal, responsável pelo processamento de informações, empatia e compaixão; o córtex insular, que é um integrador entre emoção e raciocínio; e o córtex pré-frontal, ligado à tomada de decisão, concentração, resiliência e habilidade para fazer boas escolhas, além de diminuir o volume da amigdala, que é ligada ao medo, ansiedade e estresse.

4# CONCENTRAÇÃO, CRIATIVIDADE E PERFORMANCE

A prática da meditação ativa a plasticidade cerebral, que é capacidade do cérebro de criar novas conexões entre os neurônios, assim, ao elevar a conectividade do cérebro, a meditação propicia aos seus praticantes um aumento na concentração, criatividade e performance no cotidiano. Além do mais, durante sua prática, as pessoas se surpreendem com inspirações e insights.

5# ALTERA O RITMO CEREBRAL

Normalmente, o cérebro emite ondas Betas, de 13 ciclos por segundo, mas, com a prática regular da meditação, o ritmo cerebral diminui, alcançando o padrão de onda Theta, que são muito mais lentas e propiciam relaxamento, insights interiores e até a possibilidade de reprogramar a mente. No mais, durante as meditações mais profundas, é possível alcançar o padrão de ondas Delta, que está ligada ao êxtase interior, o aumento da paz e da compaixão e a conexão com o todo.

VÍDEOS EM DESTAQUE