Construindo seu império

Construindo seu império | Maestria Financeira #6

Olá, senhores! Este é o sexto capítulo de uma série de 6 artigos que André Massaro, um dos maiores educadores financeiros do Brasil, está produzindo para ajudar os leitores do El Hombre a conquistarem a tão sonhada independência financeira. Fique ligado para não perder nenhum capítulo desta série.

***

Por ANDRÉ MASSARO

Enfim, chegamos no último capítulo desta nossa “saga” da Maestria Financeira.

Se você ainda não leu os artigos anteriores, leia aqui (pela sequência).

Esta serie foi feita seguindo uma progressão lógica, que passa pelos principais temas das finanças pessoais como se fosse uma “escala evolutiva”, que começa com o entendimento dos fundamentos, o estado de endividamento e a evolução financeira da pessoa, até chegarmos nisto que chamei (de forma despretensiosa) de “império”.

E, aqui, um pouco de “cultura geral”: você sabe a diferença entre “reino” e “império”?

Existe uma certa controvérsia sobre as definições, mas, como regra geral, um reino é algo restrito a um determinado povo, região ou nacionalidade. Um império seria algo que reúne vários elementos (ou povos) diferentes sob um mesmo governo.

Um “império financeiro” é uma situação em que você controla várias fontes de renda e riqueza diferentes, como diferentes tipos de investimentos e sua renda profissional que, em um cenário ideal, também deve ter algum grau de diversificação.

Quanto mais fontes de renda você tiver (sejam fontes oriundas de investimentos ou de atividades profissionais), maior será seu grau de independência financeira.

Se você tem uma única fonte de renda (seu emprego, por exemplo), você pode ter uma vida confortável, mas sempre estará sob o risco de que aquela única fonte de renda acabe “secando” (e você fique sem nada).

Definindo o SEU império

Um dos últimos estágios na escala evolutiva financeira é o dos investimentos. E, como vimos no artigo anterior, “investir” significa fazer um sacrifício no curto prazo em favor de um benefício de longo prazo.

E este pode ser o momento de se perguntar: “Mas qual o sentido disso tudo?”. E que “longo prazo” é esse? E o que, exatamente, vamos construir de tão importante que exige todo esse sacrifício?

O que vai ser construído vai depender, basicamente, de você.

Quando se fala em “império” (em particular um império financeiro e econômico), a imagem que, popularmente, vem à cabeça, é a daquele sujeito “magnata”, que lidera um grande grupo empresarial, com muitos negócios e que tem uma riqueza virtualmente infinita.

Talvez essa seja a sua aspiração. Talvez você queira entrar para a lista dos bilionários da Forbes ou da Bloomberg. Bem, se essa é sua aspiração, saiba que é possível (ainda que não seja fácil) construir esse tipo de império e se tornar um bilionário.

Porém, eu quero que você vá um pouco além e defina o que é um império NOS SEUS TERMOS.

Se a sua ideia de “império” é aquela do empresário magnata e bilionário, vá atrás disso. É difícil, mas não é impossível.

Mas você pode definir seu império (aquilo que você vai construir) ao redor de uma ideia de independência, liberdade e poder pessoal (e não necessariamente poder econômico e poder sobre outras pessoas). E, neste caso, a conquista desse império é muito mais factível e, talvez, você fique muito mais satisfeito com a conquista.

A importância de pensar por si mesmo

A ideia do império econômico é, muitas vezes, imposta de fora para dentro, por pressão social e por nossas referências culturais. O empresário magnata é visto como “vencedor”, como alguém admirado e que está “no topo da cadeia alimentar”.

E, ao longo desta série sobre maestria financeira, nós vimos no artigo sobre “consumo” o quão importante é vivermos conforme NOSSOS PRÓPRIOS TERMOS, colocando nosso prazer, nossos desejos e nossas crenças à frente daquilo que dizem que “devemos fazer”.

Aprendemos que, nos nossos hábitos de consumo, nós devemos respeitar nossa identidade e seguir nossas próprias regras. O mesmo vale para nossos planos de longo prazo, o que inclui a construção de seu império pessoal.

Você não vai construir o império dos seus pais, dos seus parentes, dos seus professores ou da sociedade. Você vai construir o SEU, respeitando sua identidade pessoal e seguindo suas próprias regras.

O que planejar daqui em diante?

Assumindo que você já tenha passado por todas as etapas da maestria financeira, você já deve estar na fase de conseguir guardar e investir dinheiro e, progressivamente, estar construindo um patrimônio.

E, se ainda não chegou nessa fase, mas já está adotando práticas de planejamento financeiro em sua vida, é apenas uma questão de tempo.

Mas, enfim, se você está conseguindo poupar e investir dinheiro, o seu próximo passo é fazer o seu planejamento estratégico de longo prazo. E isso envolve:

Seu planejamento profissional

A principal fonte de renda da maioria das pessoas é a renda profissional (a renda oriunda do trabalho – e isto foi visto no primeiro artigo da série “Maestria Financeira”).

A renda do trabalho é aquilo que permite a construção do patrimônio e, consequentemente, a construção do seu império.

Então, aproveite a serenidade e a paz de espírito de estar com uma vida financeira mais organizada para planejar seu desenvolvimento profissional, definindo seus próximos passos para aumentar sua renda e, se possível, desenvolver outras fontes de renda, para não ficar dependente de um único trabalho.

Afinal, lembre-se: estamos vivendo em um mundo dinâmico, onde modelos de negócios nascem e morrem num piscar de olhos e onde habilidades profissionais podem se tornar obsoletas e irrelevantes rapidamente.

Seu planejamento patrimonial

A esta altura você já deve saber seu perfil de investidor e já deve ter, ao menos em linhas gerais, uma estratégia pessoal de investimentos.

Procure aprender mais sobre investimentos e refine seus métodos. Se você acha que o assunto “investimentos” é chato e maçante, e não tem motivação para estudar, saiba que 99% das coisas importantes do mundo passam, direta ou indiretamente, pelo mercado financeiro.

Então, tenha em mente que entender o mercado financeiro é uma forma de entender o mundo…

O planejamento de sua aposentadoria

Aposentadoria é um assunto controverso nos tempos atuais.

A expectativa de vida da humanidade está aumentando exponencialmente (já ouviu falar em uma coisa chamada “risco de longevidade”?) e o modelo atual de aposentadoria, de simplesmente “parar de trabalhar”, talvez não seja mais viável no futuro.

Mas, ainda assim, é preciso, de alguma forma, se preparar para uma fase de maturidade. Talvez a gente não consiga, simplesmente, parar de trabalhar. Mas, pelo menos, seria interessante não chegarmos numa idade mais avançada tendo a NECESSIDADE de trabalhar, de forma intensiva, para pagar contas e obrigações de curto prazo…

Você já sabe o que é planejamento financeiro (que é um dos principais componentes da “Maestria Financeira”). Agora é planejar esses outros aspectos da vida, que vão pavimentar o caminho rumo ao seu império.

É a evolução de “maestro” para “imperador”. Imperador de um império definido por você, conforme suas visões, suas crenças e suas expectativas. Nos seus termos, sempre.

Boa sorte e sucesso em sua jornada!

***

André Massaro é autor, consultor, professor e palestrante especializado em Finanças, Investimentos, Economia e Tomada de Decisões. É um dos mais conhecidos e experientes educadores financeiros do Brasil e, mais que isso, é alguém que acredita que o dinheiro não é tudo, mas a liberdade financeira é o caminho para a liberdade pessoal. Site: www.andremassaro.com.br