O que significa ser “elegante” e como faço para me tornar?

Texto em parceria com Havaianas

***

Quando se fala em “elegância”, muitas pessoas relacionam a palavra com “estilo”. Ou seja, dominar a arte de se vestir bem. E, de preferência, com looks mais sofisticados, que tragam um ar de formalidade. No caso dos homens, isso poderia ser traduzido num costume bem cortado, com um daqueles sapatos que fazem “toc toc” enquanto você anda, sinal de que ele tem uma sola de couro muito bem-acabada. Um relógio clássico ajuda também, enquanto a gravata é opcional. Para que usá-la fora do escritório, afinal? O colarinho aberto, hoje em dia, é sinônimo de autonomia.

Estiloso? Provavelmente sim. Mas elegante? Aí é outra história, senhores. A realidade é que não existe roupa ou acessório capaz de proporcionar elegância a uma pessoa. Isso é algo que vem de dentro e está relacionado às suas atitudes mais do que qualquer coisa. Como a célebre estilista Coco Chanel disse certa vez, “elegância é ser tão bonito por dentro quanto por fora”

Se a beleza exterior já tem um grau de subjetividade alto, no caso da interior ele é ainda maior. Como definir atitudes elegantes ou deselegantes? É difícil, mas certamente é algo ligado à cordialidade que você estende às outras pessoas. Ser educado nas interações pessoais, ter empatia com as situações alheias, tratar os outros com cortesia… Em suma, agir de uma maneira mais harmoniosa no dia a dia, tentando se desligar dos hábitos tóxicos que, infelizmente, todos nós temos em maior ou menor escala.

Confúcio, o grande filósofo chinês, cuja obra é tão grandiosa que mesmo 2,500 anos após sua morte continua tendo uma enorme influência na sociedade oriental, certa vez foi indagado por um aluno: “Existe alguma palavra que pode ser usada como a norma de nossas vidas?” A resposta dele: “Reciprocidade. Isso significa que você deve agir com os outros como gostaria que agissem com você.” É um conselho que, aplicado às nossas vidas cotidianas, pode nos aproximar de adquirir hábitos mais generosos, empáticos – e por consequência, elegantes.

O QUE GRANDES PERSONALIDADES JÁ FALARAM SOBRE ELEGÂNCIA

Começamos o texto lembrando a famosa frase de Chanel, de que a elegância é ser igualmente bonito por dentro e fora. Mas ela não foi a única pessoa a dar a sua opinião sobre o assunto. Várias personalidades já ofereceram ao mundo as suas visões particulares sobre o que significa ser elegante. E, em cada uma delas, podemos encontrar lições interessantes. Por exemplo:

“A elegância é a única beleza que nunca desaparece.” Audrey Hepburn

Nas décadas de 1950 e 60, a atriz Audrey Hepburn foi uma das figuras mais influentes da indústria cinematográfica. O filme “Bonequinha de Luxo”, de 1961, é um dos mais conhecidos de sua carreira. Apesar de viver em meio ao glamour de Hollywood, Hepburn tinha consciência de que o tempo passa para todos nós. Ninguém fica jovem a vida inteira. Mas a elegância nunca envelhece, se você tomar o cuidado para preservá-la ao longo dos anos.

“Elegância não é ser notado, mas ser lembrado.” Giorgio Armani

O ilustre designer italiano Giorgio Armani, um ícone da moda masculina, é outro que compreende que o valor das nossas atitudes é mais relevante que o das nossas aparências. Uma roupa bonita pode ajudá-lo a ser notado numa sala. Mas se você não tiver conteúdo, isso de nada vai adiantar, pois você não conseguirá criar conexões autênticas e profundas com as outras pessoas. Não há estilo que compense um comportamento inadequado.

Como podemos notar, a discussão sobre “elegância” é muito recorrente no universo da moda. Muitos outros estilistas se pronunciaram também sobre o assunto – e de modo praticamente unânime, concordaram que ser elegante vai muito além das roupas você usa. Jean Paul Gaultier? “Elegância é uma questão de personalidade.” Christian Dior? “A elegância real está especialmente nas coisas que não aparecem.” O que nos leva à questão: o que faço para ser elegante, então?

COMO ME TORNAR UMA PESSOA ELEGANTE

Não existe uma cartilha sobre “como ser elegante”, até porque esse é um conceito que pode variar de acordo com diferentes épocas, culturas e locais. Mas o escritor Anton Tchekhov, um dos maiores gênios da literatura russa, em 1886 escreveu uma carta a seu irmão sobre as características que, na sua opinião, fazem de alguém uma pessoa verdadeiramente educada. Para resumir, é o seguinte:

  1. Ser respeitoso e gentil;
  2. Ter compaixão;
  3. Honrar seus compromissos;
  4. Agir com sinceridade e honestidade;
  5. Não manipular os outros;
  6. Controlar a vaidade;
  7. Se esforçar em suas atividades;
  8. Cultivar uma mente sã num corpo são.

Os conselhos de Tchekhov são um bom ponto de partida para refletirmos sobre o que significa elegância para cada um nós – e, a partir disso, buscar um caminho que nos aproxime desse ideal. Respeitando, é claro, as nossas particularidades individuais.

Ainda neste ponto, vale a pena nos debruçarmos na sabedoria de Aristóteles, um dos grandes filósofos gregos da Antiguidade. Segundo ele, a virtude não é algo estático, que simplesmente dominamos ou não. Ela é fruta das pequenas ações do nosso dia a dia. Em suas próprias palavras: “A virtude é uma arte obtida com o treinamento e o hábito. (…) Nós somos aquilo que fazemos repetidas vezes. A virtude, então, não é um ato, mas um hábito”.

Quando queremos desenvolver o nosso estilo, o ponto inicial é o conhecimento, correto? E, a partir dele, a implementação diária dessas ideias, até que o hábito de se vestir bem acabe virando algo natural para nós. O mesmo serve para a elegância. Agora que já discutimos longamente sobre o assunto, não tem segredo: o negócio é colocar essas lições em prática, sabendo que demanda tempo e esforço para a nossa mente adotar um mindset novo.

TEXTO EM PARCERIA COM HAVAIANAS

Nós do El Hombre nos reunimos com a Havaianas para fazer uma série de conteúdos sobre desenvolvimento pessoal para os nossos canais. Já falamos sobre autoconfiança (link) e a importância dos riscos em nossa vida (link). Fique ligado que em breve tem mais novidade.

Além disso, em nosso canal do @modamasculina no Instagram, produzimos uma série de looks para inspiração com a Havaianas Urban. Essa é uma família da marca com tiras mais largas, algumas de couro e outras de tecido, com diferentes opções de cores. Elas proporcionam muito conforto para um look moderno e elegante em qualquer momento do dia.

Quer saber mais? Acesse o site www.havaianas.com.br/urban ou visite a loja mais perto de você!