Qual é o melhor exercício aeróbico para você?

Você já parou para se perguntar qual equipamento seria mais eficiente considerando o seu objetivo: elíptico ou bike? Ou se correr na rua é melhor do que correr na esteira? Ou, ainda, se natação substitui a corrida?

É comum que dúvidas em relação a exercícios aeróbios e sua eficiência surjam em nossas cabeças. Então hoje vamos procurar entender melhor o que caracteriza cada modalidade e qual é mais adequada aos seus objetivos.

Antes, vale abrir um espaço para caracterizar o que é aeróbio. Vamos recorrer à Wikipedia, que oferece uma definição interessante:

No exercício aeróbio, o oxigênio funciona como fonte de queima dos substratos que produzirão a energia transportada para o músculo em atividade. O exercício aeróbico é um exercício de longa duração, contínuo e de baixa e moderada intensidade. Estimula a função dos sistemas cardiorrespiratório e vascular e também o metabolismo, porque aumenta a capacidade cardíaca e pulmonar para suprir de energia o músculo a partir do consumo do oxigênio (daí o nome aeróbio).

Ou seja, essas mesmas atividades podem ser transformadas em anaeróbias. É o caso, por exemplo, dos tiros máximos de corridas, que transformam a corrida constante e lenta de uma atividade aeróbia para uma atividade anaeróbia.

Um exemplo oposto seria transformar um agachamento de musculação com sobrecarga (anaeróbio) em um agachamento com peso corporal por 20 minutos, que faria do exercício uma atividade aeróbia.

Portanto, observamos que não é o equipamento que faz com que o exercício seja aeróbio ou anaeróbio, mas a maneira como você realiza esse exercício.

A intensidade é o fator chave. Se na musculação (anaeróbio) a intensidade é ditada pela carga, no exercício cardiovascular (aeróbio) ela é ditada pela frequência cardíaca.

Assim, podemos dizer que todas as diferentes modalidades de exercícios aeróbios realizados dentro de uma mesma frequência cardíaca são equivalentes (existe uma pequena diferença com a bike devido a grande ação muscular de membros inferiores).

“Então por que variar as atividades aeróbias se é tudo igual? Para que tantos equipamentos?”, você pode perguntar.

Acontece que cada equipamento propicia algumas vantagens e desvantagens além de uma certa especificidade.

ESPECIFICIDADE

A especificidade é simples: você fica bom naquilo que pratica. Não existe 100% de transferência de uma atividade para outra. Ou seja, um corredor não é um bom ciclista nem um bom nadador, apesar de ter um excelente sistema cardiorrespiratório.

VANTAGENS E DESVANTAGENS

Natação

natacao-el-hombre

Um esporte que trabalha diversas musculaturas corporais em uma só atividade. Apresenta como desvantagem uma maior incidência de lesão articular nos ombros. (Veja porque você deveria praticar natação.)

Corrida

corrida-el-hombre

Com uma biomecânica correta e musculaturas fortalecidas (além de evoluir com um trabalho progressivo, ou seja, aumentando de “nível” aos poucos), as chances de lesões com a corrida são baixas. Mas se a pessoa não souber se orientar ou não for orientada corretamente, as lesões são iminentes. A grande vantagem é a possibilidade praticar esse esporte em qualquer local.

Esteira

esteira2-el-hombre

Aqui os benefícios são similares aos da corrida. Esse exercício, contudo, é mais fácil, pois você não necessita vencer a resistência do vento. A esteira apresenta como desvantagem a possibilidade de correr totalmente errado e ainda assim fazer bons tempos. Eu costumo dizer que se você ficar saltando no lugar com agilidade, consegue “correr” na esteira a 20km/h (o que é muito difícil na rua).

Bike

bike-el-hombre

Excelente prática esportiva e meio de transporte. Apresenta maior solicitação de membros inferiores, ou seja, tem um trabalho de resistência muscular localizada (musculação) interessante. A desvantagem fica por conta da exposição à integridade da coluna (quando essa não fica posicionada corretamente) e o grande grau de flexão dos joelhos, que para pessoas lesionadas não é o ideal.

Elíptico

eliptico-el-hombre

Essa é uma máquina que mimifica a corrida, excluindo o impacto repetitivo. Alguns modelos de elípticos são melhores do que outros, mas, de forma geral, é uma excelente escolha para qualquer pessoa. É um pouco desconfortável se usado em grandes velocidades. Apenas cuidado para não utilizar o aparelho para frente e para trás (pois aumenta as chances de lesões). Utilize somente em uma direção.