fbpx
segurança virtual

Segurança virtual: 5 dicas para manter seus dados pessoais protegidos

A Internet é certamente algo revolucionário. Navegamos diariamente em busca de informações e de entretenimento. Dessa forma, visitamos muitos sites e baixamos arquivos para diferentes propósitos com frequência. Normalmente, nem nos preocupamos sobre a segurança virtual

Porém, se você está pensando que a internet é um ambiente seguro por padrão, está absolutamente errado. 39 segundos – essa é a frequência que um ataque cibernético acontece atualmente.

Com tantos perigos a solta, você precisa se perguntar se tem a proteção necessária para se manter seguro quando estiver online. Pensando nisso, listamos a seguir 5 dicas de segurança virtual que você precisa conhecer.

1# Faça login somente em sites com HTTPS

É possível impedir que seus dados sejam visualizados por hackers ao logar apenas em sites que utilizam o protocolo HTTPS.

Em resumo, o protocolo HTTPS é uma instalação de certificado de segurança que criptografa todo o tráfego de um site. Mesmo se alguém estiver bisbilhotando o tráfego de uma rede, a única coisa que verão é um conjunto de letras sem sentido.

Para verificar se um site possui o protocolo HTTPS instalado, clique com o botão direito do mouse no ícone da “barra de endereços”, no lado esquerdo do navegador. A partir daí, clique em “Configurações do site” e procure a guia “Segurança” que diz “HTTPS”.

Você também pode saber se um site que está navegando tem HTTPS ativado olhando para o ícone no canto superior direito do navegador. Se for um ícone de cadeado fechado, você tem uma conexão segura.

2# Não reutilize senhas

Ter uma senha complexa não é suficiente para se proteger contra hackers atualmente. Mesmo que as pessoas não consigam adivinhar sua senha, ainda existem maneiras de acessar essas informações.

Uma das formas mais populares pelas quais os hackers acessam senhas seguras é por meio de violações de dados. Eles comprometem a rede interna de um site e obtém acesso as senhas salvas no servidor.

Mesmo que a conta comprometida não tenha dados confidenciais, isso não significa que as pessoas não possam usar essa senha para fazer login em suas outras contas. Se você compartilhar senhas em todas as suas contas, todas as suas contas serão comprometidas.

Você pode usar um gerenciador de senhas para criar senhas aleatórias para cada site no qual você tem uma conta. Isso significa que você pode manter senhas separadas para tudo e não precisa se lembrar de outra senha novamente.

3# Cuidado com e-mails suspeitos

Os hackers não usam apenas meios técnicos para comprometer contas online. Eles também se aproveitam da boa vontade de vítimas inocentes. Eles fazem isso fingindo ser representantes de organizações online.

Uma das maneiras mais comuns de fazer isso é por meio de phishing. Esse é o do ato de enviar e-mails que imitam os contatos de organizações nas quais você tem contas. Esses e-mails têm como objetivo fazer com que o destinatário clique em um link ou baixe um anexo.

O link solicitará que você insira suas informações de pagamento, faça login em outro site ou forneça informações confidenciais. Se você for vítima de phishing e compartilhar informações sensíveis, um hacker acessará suas contas.

Sempre verifique os links de e-mail antes de enviar qualquer informação. Os hackers, geralmente, usam domínios semelhantes aos das empresas-alvo, mas apresentam algumas diferenças de grafia.

Se você suspeitar de alguma coisa, digite manualmente o nome de domínio para garantir que você não envie nada para um site falso.

4# Use uma VPN quando estiver em uma rede pública

Você espera estar seguro ao fazer login no Wi-fi oferecido pelas lojas, certo? Infelizmente, nem sempre é esse o caso. Frequentemente, há hackers que fingem ser pontos públicos de Wi-Fi para roubar informações.

Caso você alguma vez se conectou a um desses hotspots falsos, um hacker poderá ver tudo o que você faz em seu dispositivo, seja um computador ou celular.

Se você quiser impedir que isso aconteça, você precisa usar uma rede virtual privada (VPN). Se você ainda não possuí essa barreira de segurança extra em seu dispositivo, vale a pena das uma olhada nas VPNs para Windows sugeridas pela Wizcase.

Uma VPN criptografará todo o seu tráfego de Internet. Essa criptografia impedirá que hackers espionem seus dados enquanto você estiver em uma rede pública. Usar uma VPN também oculta seu endereço IP real, para que você possa usar o Wi-Fi público sem medo de ser rastreado por qualquer outra pessoa.

5# Mantenha-se atualizado sobre as últimas dicas de segurança na Internet

Embora as dicas de segurança acima ajudem você a se manter seguro online hoje, elas podem não ser tão eficazes no futuro.

O mundo da segurança virtual pode mudar rapidamente, então você sempre precisa estar atualizado sobre as ameaças mais recentes. Esteja sempre atento às formas mais atuais de se manter seguro para não ser vítima de ataques de criminosos.

Sempre aja com inteligência online, com um pouco de cuidado extra para navegar pelo ambiente virtual com segurança e privacidade. A Internet agora faz parte da nossa vida mais do que nunca, por isso temos que adaptar os caminhos seguros para usá-la de forma eficiente.