Lasciva explica a etiqueta do sexting

Antes mesmo de encontrar sua parceira, o sexo entre vocês já começou. Sabe onde? Na sua imaginação. Você está pensando no que ela vai fazer no seu corpo, na imagem daquele rosto lindo com a boca no seu pau. A criatividade rola solta, sua excitação aumenta.

Nessa hora, vale a pena aproveitar o momento de inspiração para despertar também os desejos dela. E então lhe enviar alguma mensagem, seja no chat do Facebook, via WhatsApp, por SMS ou com o meio que preferir.

Vá com calma. Nem toda mulher se sente à vontade diante de mensagens de cunho sexual. Assegure-se de que vocês são íntimos o suficiente para saber que aquele conteúdo não vai ofender. Comece de leve, escolha bem as palavras e veja como ela responde. Se a empolgação for recíproca, deixe fluir. O sexting pode acender o tesão dos dois e ainda render boas ideias para logo mais.

O termo “sexting” significa “sex” + “texting”. Ou seja, fazer sexo com palavras. Se a interação for boa e o desejo mútuo, é capaz de evoluir para uma troca de fotos ou mesmo de vídeos mais ousados. É aí que mora o perigo e onde os mais desprevenidos costumam se dar mal.

Quando sua imagem está em jogo, todo o cuidado é pouco. Vale a pena tomar a precaução de não sair enviando fotos íntimas para desconhecidas, ou seus genitais podem se tornar de domínio público. Esse tipo de coisa a gente só faz com quem é de extrema confiança.

Deu vontade de tirar uma foto do seu pau e enviar para a amiga colorida? Não recomendo. Com raríssimas exceções, fotos do próprio pênis costumam ser feias e desinteressantes. A não ser que você seja assim um fotógrafo que manje tudo de luz e enquadramento. Mesmo assim, é bom esperar que ela peça, ou aquela imagem pode se tornar repulsiva – em vez de atrair a pequena, vai fazê-la te achar um tosco.

E se sexo gostoso é aquele bem feito, a mesma regra vale para o sexting. Preste atenção a essas três advertências do sexo verbal antes de começar a digitar palavras sujas no chat:

1# Não comece o sexting antes de ter intimidade: O ideal é que vocês já tenham transado de verdade – ou tudo o que escrever pode não passar de fantasias na sua cabeça.

2# Não escreva o que você de fato não diria: Lembre-se: se é algo que não se diz, não vale a pena deixar registrado. Por isso, evite ter esse tipo de conversa quando estiver bêbado – é arriscado.

3# Não troque fotos com quem você não confia: Pessoas confiáveis são aquelas que conhecemos há algum tempo e que demonstram provas de bom caráter. Cuide da sua intimidade.

Quando a brincadeira começa com cautela, o resultado costuma ser divertido e instigante. Então, se a garota responde à altura, não se reprima. Faça-a visualizar também as sensações que está imaginando. Incite. Descreva bem o que tem vontade de fazer com ela e o que pensa ao vê-la. Mulheres adoram se sentir desejadas. Elogie detalhes do seu corpo.

Depois que a conversa esquentou, não é pecado cometer excessos. Apenas reflita, antes de enviar, se aquilo é realmente excitante. E cuidado com os erros de português – alguns podem ser broxantes.