Yoga

Yoga e autoestima: uma relação de sucesso

A autoestima define a forma como nos percebemos. Quando ela está baixa, vem em diferentes formas e tamanhos. O yoga é uma maneira natural e confiável de construí-la, podendo melhorar a confiança e tratar problemas que podem surgir quando sua confiança estiver baixa. Então, suba no seu tapete yoga e encontre sua melhor versão!

Pessoas com autoestima elevada têm uma opinião muito saudável sobre si mesmas e tendem a se concentrar em seu sucesso e realizações. Por outro lado, indivíduos com baixa autoestima apresentam falta de confiança, sentem-se infelizes, insatisfeitos ou com complexos de inferioridade. Eles também costumam apresentar comportamento negativo na maioria das vezes.

Todos nós temos momentos de altos e baixos e, às vezes, é comum sentir falta de confiança. Entretanto, quando a baixa autoestima se torna um problema prolongado, pode levar a graves consequências para a saúde, tanto a nível físico como mental. A baixa autoconfiança nos coloca em risco de não viver nossas vidas em todo o nosso potencial e desenvolver um frágil senso de identidade.

Causas de baixa autoestima:

Pessoas de todas as idades e sexos podem ter problemas de baixa autoestima. Aqui estão algumas das causas comuns de baixos níveis de confiança:

  1. Autoridade negativa: É comum que quando figuras representativas (como pais, avós ou professores) criticam uma criança de forma muito dura e cruel, um impacto negativo surja na autoestima dela. Isso pode acabar contribuindo no desenvolvimento de um sentimento de medo e inferioridade. 
  2. Eventos estressantes: Luto, trauma físico ou mental e eventos estressantes afetam a autoestima das pessoas de forma negativa.
  3. Bullying: O bullying e outras crueldades afetam severamente os níveis de confiança, coragem e autoestima de uma pessoa.
  4. Relacionamentos negativos: O divórcio e os relacionamentos prejudiciais entre os pais podem afetar os filhos. Ser criado em um ambiente pouco amoroso pode ter um impacto duradouro na vida de uma criança.
  5. Personalidade negativa: Algumas pessoas são simplesmente propensas a pensamentos negativos. 

Posturas de Yoga para melhorar a autoestima 

➤ Postura do Guerreiro II

É uma postura clássica de yoga que aumenta o calor, a energia, a confiança e, portanto, a autoestima. Por mais simples que a postura possa parecer, é quando você fica nela por várias respirações que começa a perceber como ela realmente é difícil. Com isso, é possível começar a apreciar todas as coisas que seu corpo faz por você ao mesmo tempo.

Na postura da montanha, com os pés no início do tapete, dê um largo passo para trás com o pé esquerdo de modo que ele fique paralelo à parte de trás do tapete. Depois, dobre e o joelho direito generosamente. Procure alinhar o calcanhar dianteiro direito com o arco do pé esquerdo traseiro, se for confortável. Coloque o joelho direito paralelo ao pé direito. 

Estique os braços em direções opostas, apontando para a frente e para trás do tapete, na altura dos ombros. Mantenha os ombros afastados das orelhas. Procure ter os quadris abertos para o lado esquerdo e nivelado do tapete. Fique em pé e enraíze ambos os pés, olhando para a ponta da mão direita. Permaneça na postura por 3-5 respirações e faça o mesmo movimento para o outro lado. 

➤ Postura da Meia Lua 

Outra postura que é ótima para desenvolver a autoestima é a postura da meia lua.

Do guerreiro II, com o pé direito à frente, coloque a mão direita no chão ou num bloco de yoga, coloque a mão esquerda no quadril esquerdo e tire o pé esquerdo do chão, alongando-o para trás.

Mantenha o quadril esquerdo paralelo ao direito, e faça o mesmo com os ombros. Encontre o equilíbrio na postura. Quando você se sentir pronto, tire a sua mão esquerda do quadril e leve-a em direção ao teto. 

Caso seja possível, olhe diretamente para frente ou vire a cabeça para a esquerda para olhar para cima. Segure por 3-5 respirações e repita do outro lado.

➤ Postura do Cachorro Esticado

Posturas de yoga que trabalham o chakra do coração são uma ótima maneira para aumentar a autoestima. Esta postura pode nos ensinar quando continuar empurrando e quando recuar, dois fatores importantes para a confiança.

Mantenha os quadris sobre os joelhos enquanto caminha com as mãos à sua frente o máximo que puder. Seu peito e sua testa, ou talvez seu queixo, tendem a encostar no tapete. Se essa flexão for muito intensa, apenas coloque a testa no chão com os braços estendidos para a frente.

Segure por 3-5 respirações. Lembre-se de respirar nesta postura nas áreas que você sente mais e não se esqueça de relaxar!

Sobre Yogateria

É uma marca de produtos de yoga e bem-estar, que nasceu da intenção de colocar um tapete de yoga na casa de cada brasileiro e de ajudar a fazer milhões de pessoas mais felizes. Com produtos testados e amados por yogis em todo o mundo, conquistou também os brasileiros com sua alta qualidade, estilo, inovação, consciência ambiental, entrega rápida e excelente custo-benefício.