Criatividade: aprenda o grande segredo para ser mais criativo

Uma das virtudes mais admiradas no mundo de hoje é a criatividade, especialmente no ambiente profissional. Todo mundo gostaria de ser criativo. Mas muitas pessoas não perseguem esse objetivo por acreditar que trata-se de um dom que nasce com a gente. Como se fosse um talento natural que simplesmente temos ou não.

Mas isso é uma ideia completamente equivocada, senhores. Como em qualquer área da vida, existem indivíduos com maior ou menor facilidade em executar certas tarefas. Mas todo mundo pode desenvolver a sua criatividade e levá-la a patamares bem mais altos. Não acredita? Então continue conosco, porque hoje vamos explicar qual é o segredo para ser uma pessoa mais criativa.

O PROCESSO CRIATIVO, SEGUNDO STEVE JOBS

Em primeiro lugar, é importante entendermos como funciona o processo criativo. Steve Jobs, um dos maiores inovadores da história da humanidade, certa vez comentou o seguinte sobre o assunto:

“Criatividade é apenas conectar coisas. Quando você pergunta a pessoas criativas como elas criaram algo, elas se sentem um pouco culpadas, porque elas não criaram realmente aquilo, apenas enxergaram. (…) Isso acontece porque elas conseguem conectar experiências que já tiveram e sintetizar novas coisas.”

Deu para entender? É como aprendemos nas aulas de física da escola: nada se cria, tudo se transforma. Se pegarmos o exemplo das pessoas mais criativas da história, dá para notar que elas têm algo em comum. O que seria? Uma dedicação extrema em estudar a sua área e, depois, colocar praticar aquilo que aprendeu.

Beethoven, por exemplo, estudou intensamente a obra de Mozart e outros mestres de sua época antes de compor suas grandes obras. Van Gogh se debruçou nas técnicas dos grandes pintores que vieram antes dele até desenvolver um estilo próprio. John Lennon foi obcecado por Elvis durante a sua adolescência e chegou a dizer que, se não fosse por ele, os Beatles não teriam existido.

COMO AUMENTAR SUA CRIATIVIDADE

Então o que podemos aprender com esses exemplos? Simples. Se você quer ser um profissional mais criativo, o primeiro passo é estudar tudo sobre o seu universo profissional. Leia a biografia dos grandes nomes da área; devore os livros dos especialistas; veja documentários relacionados ao seu mercado; faça cursos; se matricule em aulas; e assim por diante.

Pode ter certeza que, desta maneira, você já vai elevar a sua criatividade a um novo patamar. Mas não se limite a isso. Muitas vezes, o processo criativo acontece ao conectar ideias de mundos diferentes para chegar numa nova criação. O rádio, por exemplo, foi inventado pelo italiano Guglielmo Marconi utilizando tecnologias que Nikola Tesla havia desenvolvido para a distribuição de energia elétrica. Ele enxergou possibilidades onde ninguém havia visto.

Por isso é essencial nos mantermos antenados nas coisas que acontecem ao nosso redor. Consumir conhecimento como se fosse água. Dessa maneira, será um hábito natural para você pegar ideias de outros universos e transportá-las para a sua. Aí quando as pessoas disserem “nossa, como você é criativo”, você pode compartilhar com elas o segredo que aprendeu aqui hoje: “É 99% transpiração e 1% inspiração”.

VÍDEO EM DESTAQUE