Deslocamento na ponta dos pés: exercício educativo #5

Um dos grandes problemas que os corredores enfrentam de maneira geral é a falta de fortalecimento muscular. Normalmente essa realidade é gerada pela falta de musculação “comum” ou mesmo de um treino resistido específico para corrida.

Por isso, muitos exercícios utilizados como educativos têm a finalidade de promover um maior fortalecimento muscular, evitando lesões a médio ou longo prazo.

O exercício de hoje é o deslocamento na ponta dos pés. Muito simples e extremamente efetivo. O nome do treino já explica a mecânica do movimento: basta caminhar na ponta dos pés.

Sua utilização irá fortalecer as musculaturas da panturrilha e ajudar com a estabilização dinâmica do tornozelo, pois, diferentemente de muitos exercícios de estabilização, esse é realizado em deslocamento.

Os principais pontos que deve-se ter cuidado é: movimento lateral do tornozelo, que não pode virar para nenhum dos lados e postura de maneira geral, evitando adaptar todo o corpo de maneira errada para a realização do movimento.

Por ser um educativo de fácil explicação, normalmente as pessoas já começam com o deslocamento com pernas alternadas (todas as passadas acontecendo na ponta do pé) em vez usar a ponta do pé primeiramente apenas do lado esquerdo e depois apenas do direito ou vice-versa.

Então a grande progressão desse exercício se dá em relação à distância percorrida ou tempo do deslocamento. Ou ainda em relação à dificuldade do exercício (realizá-lo lateralmente ou de costas, por exemplo).

Progressão

  • 10 metros ou 15 segundos de deslocamento
  • 20 metros ou 30 segundos de deslocamento
  • 10 metros ou 15 segundos de deslocamento indo de frente e voltando de costas
  • 10 metros ou 15 segundos de deslocamento indo de frente e voltando lateralmente (fazer duas vezes e trocar o lado na vez do deslocamento lateral)

Procure começar pelo primeiro exercício e evoluir para os próximos conforme for pegando pratica e o treino for se tornando mais fácil.

Esse deslocamento tende a ficar fácil com o tempo, principalmente que a sobrecarga depende do seu peso corporal, mas deixa de ser importante.

publicidade