fbpx
segunda-feira, junho 17, 2024
InícioAtitudeComo compartilhar suas experiências de vida com os outros?

Como compartilhar suas experiências de vida com os outros?

As nossas experiências de vida – especialmente aquelas que agregam valor à nossa existência – fazem com que sejamos pessoas muito mais completas, encantadoras e interessantes.

Se a sua intenção for se tornar o tipo de pessoa com quem os outros desejam conversar e a quem desejam ouvir, aprender a compartilhar as suas experiências de vida é essencial.

E como fazer isso? Hoje vamos dar alguns conselhos.

1# ESCREVA SOBRE AS SUAS EXPERIÊNCIAS DE VIDA

Pense em coisas como viagens, eventos culturais, trabalhos voluntários, etc.

Escreva algumas linhas sobre cada um desses acontecimentos, para refrescar a memória, e procure falar a respeito deles na próxima conversa que tiver.

Aborde-os com naturalidade e leveza, sem soar arrogante nem prepotente. A humildade é um elemento essencial dessas conversas.

2# DEMONSTRE OS SEUS TALENTOS…

Demonstrar as suas capacidades e qualidades pode ser uma excelente ideia, contanto que você o faça discretamente e não de maneira arrogante.

Você pode atingir este resultado:

  • Mencionando uma ocasião na qual tenha conquistado algo que parecia difícil de se conquistar;
  • Falando de como enfrentou (e venceu) alguma adversidade;
  • Falando a respeito de alguma ocasião na qual tenha liderado com sucesso um grupo de pessoas.

Só que é muito fácil parecer narcisista ao falar das nossas histórias de sucesso. Como evitar isso? Mesclando com a nossa próxima sugestão.

3# …MAS LEMBRE-SE DOS SEUS DEFEITOS TAMBÉM (COM BOM HUMOR)

Ao contrário do que pensamos, as histórias de nossos fracassos e de nossas decepções podem entreter ainda mais do que as histórias de nossos sucessos e de nossas conquistas.

Mas jamais compartilhe a história de um fracasso de maneira lacrimosa, melodramática ou pessimista.

Apague toda a amargura — como dizia o escritor armênio Michael Arlen, “é realmente curioso, mas em um mundo repleto de amargura, as pessoas amargas tendem a não ser queridas” — e conte a sua história de um modo bem-humorado.

Ao falar dos seus talentos, então, lembre-se de mesclá-los (de uma maneira engraçada) com os seus defeitos. Isso vai torná-lo muito mais amigável e agradável.

4# DEMONSTRE ALTRUÍSMO E CONSIDERAÇÃO

Não se esqueça de demonstrar também o quanto se preocupa com o bem-estar, os direitos e os sentimentos das outras pessoas.

Talvez você possa:

  • Mencionar uma ocasião na qual tenha auxiliado alguém;
  • Compartilhar a sua experiência fazendo trabalho voluntário;
  • Falar sobre como ajudou um amigo a superar um momento difícil.

Agora, nada de se tratar como um herói e ficar se elogiando, ok? Isso é insuportável. Valorize também os outros na conversa. Ao falar do dia em que você ajudou um amigo, por exemplo, você pode lembrar também do dia em que ele te ajudou.

E nunca se esqueça de que falar é pouco. O importante são as ações. Ou, como diria o escritor americano Ralph Waldo Emerson: “O que você faz fala tão alto que nem dá para ouvir o que a sua voz está dizendo.”

LEITURAS RECOMENDADAS

Matérias do El Hombre relacionadas ao assunto que você pode gostar também:

➤ Inscreva-se no canal do El Hombre no YouTube para vídeos diários de estilo, lifestyle e desenvolvimento pessoal.

Camila Nogueira Nardelli
Camila Nogueira Nardelli
Leitora ávida, aficcionada por chai latte e por gatos, a socióloga Camila escreve sobre desenvolvimento pessoal aqui no El Hombre.